igreja maranata – Ambulância comprada por instituição da igreja maranata ficou dois anos parada

Ambulância comprada por instituição ficou dois anos parada

Fato aconteceu depois que a Fundação Manoel Passos Barros, que pertence à Maranata, retomou o veículo, que havia sido cedido para uma associação

Vilmara Fernandes
vfernandes@redegazeta.com.br

Foto: A Gazeta

A Gazeta

Ambulância da Fundação Manoel Passos Barros abandonada na rodovia Carlos Lindenberg, em Vila Velha

A ambulância comprada com verba pública pela Fundação Manoel Passos Barros, que pertence à Igreja Maranata, ficou mais de dois anos abandonada em um pátio. O fato aconteceu depois que a instituição retomou o veículo, que havia sido cedido para uma associação. Hoje, ninguém sabe onde foi parar a ambulância.

O relato é Fabrício Lima, presidente da Associação de Socorristas Voluntários do Estado do Espírito Santo (Asves), mais conhecida como Rodovida. Ele explica que a ambulância foi uma doação do então deputado estadual Geovani Silva. Ao todo, a fundação recebeu quase R$ 2 milhões de emendas parlamentares entre os anos de 2005 e 2011.

Como a Rodovida não possuía registro estadual, a doação foi acertada com a fundação, que ficou encarregada de comprar e repassar a ambulância para a Rodovida. “Foi feito um contrato de parceria, em que também prestávamos serviços de remoção para a fundação”, conta Lima.

Suspensão

Foi o que aconteceu em 2008 e 2009. No início de 2010, a equipe da Rodovida foi chamada pela diretoria da fundação. “Pediram-nos para assinar documentos, dizendo que nunca havíamos prestado serviços para a fundação”, relata. Como eles não aceitaram, a parceria foi suspensa; e a ambulância, retomada. “Desde então, foi abandonada no pátio da fundação”, explica o presidente da Rodovida.

O veículo lá ficou até fevereiro deste ano, quando
A GAZETA denunciou o desvio de recursos provenientes do dízimo na Maranata. “No dia seguinte, sumiram com a ambulância. Depois a localizamos na Rodovia Carlos Lindenberg, em Vila Velha, de onde sumiu novamente”, diz Lima.

O veículo faz parte de um conjunto de irregularidades identificadas na fundação e que está sendo alvo de uma auditoria solicitada pelo Ministério Público de Contas. Também está sendo investigado a compra de medicamentos superfaturados e de equipamentos médicos que não estão sendo utilizados, além de despesas de empresas privadas pagas com verbas públicas.

A direção da Maranata, que responde pela fundação, informou que só vai falar sobre o assunto após a conclusão da auditoria.

Em cultos, pastores negam afastamento

Na última semana, em cultos por videoconferência, os pastores da Igreja Maranata têm informado a seus fiéis que nada mudou na cúpula da instituição. “Eles garantiram que continuam à frente da igreja e que não foram afastados”, relatou uma senhora que frequenta a igreja há 30 anos e pediu para não ser identificada.

Essa versão dos pastores, segundo ela, foi motivo de grande preocupação. “Temos acompanhado na imprensa a atuação do Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Federal. Será que todos estão mentindo?”, questiona.

O conselho presbiteral, responsável pela administração da Maranata, foi afastado na última segunda-feira por decisão da Justiça, que acatou um pedido do Gaeco. Ao todo, 26 pessoas, além de empresas, estão sendo investigadas por participação em um esquema de corrupção que desviou recursos provenientes do dízimo doado por fiéis. Todos estão proibidos de entrar nas áreas administrativas da igreja, incluindo o Presbitério de Vila Velha.

Está sendo aguardado que um gestor seja indicado pela Maranata. Caso isso não ocorra um interventor poderá ser indicado pelo Gaeco.

 

Fonte: A Gazeta

fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/11/noticias/cidades/1377799-ambulancia-ficou-2-anos-parada.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s