igreja cristã maranata – a ação do MP-ES no presbitério disse que Vila Velha ficou chocada. Nunca viram tantos policiais invadindo um antro criminoso daquele jeito. Várias pessoas assistiram à vergonha proporcionada pelos fariseus

policia federal e militar juntamente com ministerio publico na operação entre irmãos no pes da maranata

policia federal e militar juntamente com ministerio publico na operação entre irmãos no pes da maranata

Uma pessoa que assistiu a ação do MP-ES no presbitério disse que Vila Velha ficou chocada. Nunca viram tantos policiais invadindo um antro criminoso daquele jeito. Várias pessoas assistiram à vergonha proporcionada pelos fariseus contra o evangelho. Deus vai cobrar e como vai. “Ai daqueles por quem vêm os escândalos”.

No começo dos escândalos os membros acharam tudo um absurdo, que a “obra” estava sendo caluniada (de novo, novamente, outra vez. Nunca vi uma igreja ter tantos inimigos, não é mesmo?). As pessoas com mais discernimento caíram fora logo e assim começaram as discussões sobre o assunto. As verdades foram aparecendo, as pessoas foram assimilando, checando as notícias, as informações trazidas dos dons que levados à cúpula foram escondidos e que começaram a se cumprir… Toda informação nova nos traz surpresa, depois a rejeição ou aceitação. As pessoas com mais caráter, honestidade e temor a Deus acima de todo interesse humano entenderam claramente que estavam em uma seita escravocrata com direito a um ditador infalível e inquestionável, assessorado por um bando de interesseiros com o mesmo tipo de pensamento.

Há um ditado popular que diz: “A ocasião faz o ladrão”. Sempre digo que este escândalo veio mostrar a verdadeira face das pessoas. Quem gosta de ser gado de manobra ficou lá. É um tipo de gente que assiste domingão, novelas, big brother, gugu, a fazenda. Acreditam que lula é inocente, jabuti é inocente, o vice é inocente, a PF está errada, o MP está equivocado, quem saiu deveria morrer atropelado, cair de avião (ouviram que no áudio desta maldição proferida pelo jabuti muitos riram e glorificaram a Deus, concordando com a obra do diabo, que veio matar, roubar e destruir?) Além de ser gado de manobra ainda desejam o mal para o seu semelhante. Isto é servir a Deus ou ao diabo? Raciocinem só um poucochinho, por favor (falo aos maranóicos de plantão).

Quando digo gado de manobra, a prova está nas opiniões dos maranóicos
“magoados” neste blog. Entram sem argumento algum, só defendendo a cúpula, supersatisfeitos de darem o dízimo sem se importarem o destino dele e ainda acham-se certos e inculpáveis. Atacam-nos por termos saído do meio das falcatruas. Nós, os pensantes, temos argumentos, fatos e histórias verdadeiras para apresentar. Quem é gado não pensa, deixa os outros pensarem e agirem por eles. Lembrem-se dos discípulos de Jim Jones: foram tão manipulados que quando quiseram cair fora já era tarde.

Eu estou na Louvai e muitos irmãos que para lá foram, já saíram para Batista, Presbiteriana, Assembleia, etc. Que bom. São e sempre serão nossos irmãos. O importante é estarem felizes e servindo a Deus com alegria. A igreja é uma operação do Espírito Santo que se perpetua nos corações das pessoas que temem e amam a Deus. Não é uma instituição fundada por homens falhos e imperfeitos. Aliás, fiquei sabendo que o manacaim pertence ao jabuti e sempre me disseram que ele havia doado para igreja. Ledo engano. Como diziam no programa humorístico: “isto não te pertence”.

O negócio é o seguinte: os irmãos trabalham de graça, pagam o dízimo, são explorados, humilhados, comem comida de pobre no manacaim pensando que estão fazendo a obra mas no fundo estão comendo a sobra. A cúpula que mente, dá pernada nos irmãos, faz contrabando, viaja, constrói imóveis, enriquece, tudo isso com o dinheiro do dízimo suado dos irmãos, comem do bom e do melhor no manacaim, diz que está fazendo a obra mas no fundo estão executando o esquema da roba.

Certa vez, um irmão honesto e sério, diácono da seita, lá pelos meados de 2008, ouviu de um policial federal que a igreja estava metida em contrabando. O policial ficou com pena do irmão, que na sua sinceridade, acreditava em tudo que falavam na seita. Lembram de uma aula onde diziam que a Receita Federal ficou 6 meses dentro do presbitério e não achou irregularidade alguma? E nós acreditamos.

Outra situação contada por um irmão: um sujeito foi ungido e subiu ao manacaim (que quer dizer maná ou comida de Caim). Após as aulas obráticas estava ele no meio de irmãos e dentre eles o seu “pastor”. Esse “pastor” ficou o tempo todo dando “gelo” nele e quando se dirigia a ele era na base do “coice”, o que aliás são mestres em dar, principalmente quando não sabem do assunto. O coitado do “ungido” foi para o dormitório chorar, questionando Deus o motivo daquilo e achando que era “prova”, sem entender que esteve diante de uma pessoa arrogante, despreparada e extremamente mal educada. Hoje convivo com pastores de outras igrejas e vejo o enorme abismo que há em matéria de conhecimento bíblico, educação, respeito e noção de a quem pertencem as ovelhas.

Estava conversando com o sócio de uma empresa que teve como funcionário um “pastor” obrático já falecido e o mesmo contou-me um monte de falcatruas que ele cometeu contra a empresa: desvio de recursos, utilização de mão de obra e materiais e por fim, ao ser descoberto, processou a empresa, deixando uma péssima imagem do evangelho. Esse sujeito era muito arrogante e chegado ao jabuti, que aliás ensina arrogância como nenhum outro.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/12/bando-de-fariseus/comment-page-2/#comment-49253

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s