Rosannia Kinsley

Estive na Maranata por um bom tempo e não deu mais. Claro que existem irmãos humildes nas unidades locais, mas com tristeza entendi que a CUMPLICIDADE dos pastores e a OMISSÃO dos crentes em exigirem fidelidade à Bíblia os fazem culpados. Muitos deles estão no Face e conhecem os FATOS; mas nada comentam com os crentes (irmãos) por MEDO. Lá eu questionei falsos dons e falta de transparência. Não deram atenção. Insisti e me olhavam de lado… Entendi que ali não era o meu lugar: eu estava em uma casa assombrada, esbarrando com anticristos em cada culto. Poxa! Não dá pra ficar nesse ninho de fofocas e mentiras no culto profético. Joguei a toalha no chão. Pronto! Saí. Se alguém afirma afirma estar no culto por causa de Jesus, então dê testemunho de Jesus, não coopere financeiramente com bandoleiros e nem obedeça às doutrinas de homens.
Paz.
.
.
Escutem:

A Maranata começou de dissidência e rebelião entre os membros da Igreja Presbiteriana. Ao depois, com a liderança estabelecida nas mãos da família Gueiros (de Vila Velha-ES), o líder, notadamente pseudocarismático, desprezou a grandeza do “evangelho da graça poder de Deus e sabedoria de Deus”; e debandou em erros, fraudes, heresias, meias verdades e para piorar: negando transparência.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-igreja-de-seu-abilio/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/06/o-comeco-do-fim/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/

Agora, a membresia está encurralada em um beco sem saída e a pergunta que não quer calar é esta: Judas, cadê o dinheiro?

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/08/beco-sem-saida/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/01/judas-cade-o-dinheiro/

Avisei bem antes – esse gigantismo intencionalmente megalomaníaco e pseudocarismático está desmascarado e fatalmente implodido. Desastre previsível. Exemplo de comunidade cristã desviada das Escrituras e mergulhada em falso profetismo instigador de ódio religioso contra os dissidentes e os questionadores. O ódio é instigado e o pavor domina o rebanho.

https://vimeo.com/58854952

Enquanto isso alguns deles fazem turismo na Praça Vermelha

https://vimeo.com/62570470

Igrejas morrem.

Não duvidem: a decadência da Maranata é notória, as demandas judiciais expuseram o poço de iniquidades, o Conselho Presbiteral se presta a elogiar Gedelti Gueiros e pasmem! o Presbitério não se sente culpado.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-decadencia-da-maranata/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/poco-de-iniquidades/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/10/acredite-se-quiser/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2014/08/o-presbiterio-nao-se-sente-culpado-sera/

Neste contexto me lembrei de Marcia Velten relatando dificuldades http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/10/labaredas-de-odio-religioso/comment-page-1/#comment-2020 cuja postagem também pode ser lida em http://obramaranatarevelada.wordpress.com/sou-nova-na-icm/ seguida de diversos comentários.

“O SENHOR é minha bandeira.”

CV.

Relato de uma filha de Jesus Cristo, liberta da seita.

“Segue um pequeno relato de meu “momento sem rumo”, imediatamente após a saída da seita. Fique a vontade para divulgar, se achar que pode chegar ao coração de alguém… Pediria só a gentileza de preservar meu nome.

 

Com o coração contrito aceitei ao Senhor Jesus como meu único e suficiente salvador em meados de 2006. Passadas as apresentações iniciais, fui orientada a participar dos seminários e, como tantos outros esperançosos, subi ao “acampamento dos anjos ou pedacinho do céu”, ávida por conhecer um pouco sobre Deus e Seu amado filho. Um mundo novo foi descortinado e a certeza de que estava na obra perfeita se instalou em meu coração, juntamente com a soberba e a culpa reiterada de meus pecados, ora deixados na Cruz.

 

Em 7 anos fui doutrinada nos repetidos e repetitivos seminários e os inúmeros crachás, eram ostentados como verdadeiros troféus. Várias foram as funções, várias as responsabilidades e imensurável era a distância que havia tomado daqueles que não pertenciam àquela “obra maravilhosa”. Não me recordo de ter passado tamanha angustia quanto no dia em que digitei um e-mail para meu então Pastor, informando meu desligamento. Lembro que vomitei!

 

Foram meses orando… Meses questionando minha fé… Meses sentindo-me culpada por julgar…

 

Na primeira noite em que não fui ao culto, jantei com minha família após anos. Era um misto de alegria e culpa. Alivio e medo… Na verdade pavor.

 

Estava perdida dentro de minha cidade; perdida dentro de mim e comecei uma peregrinação por outras igrejas em busca de algo que passei 7 anos ouvindo: A igreja perfeita! Saia no meio do culto oprimida, não conseguia ouvir a mensagem porque estava habituada ao “formato revelado” de culto e sentia falta da convivência. Chorei muito por dias e meses! Alma abatida e angustiada pela culpa a mim imputada… Sentia-me só!

 

Relia as informações sobre os roubos e heresias postadas nas redes sociais, como um sedento que busca por água; Como se fosse alimento para sustentar minha decisão.

 

Foram anos retirando fiapos de mim. Anos tentando ouvir a sã doutrina sem me pegar fazendo consulta a Palavra até que o Senhor me deu um sonho: Via um grupo de mulheres preparando comida em uma grande, úmida e mal iluminada cozinha e, aproximando-me vi que, como zumbis, mexiam panelas vazias. Obrigada Senhor por esse sonho libertador! Louvado seja o Teu Santo Nome.

 

Escrevo esse pequeno relato para dizer que existe vida após ser considerado retirante, e vida em abundância. Escrevo para dizer que existem homens e mulheres de Deus dispostos a orar por nós e a nos receber em suas denominações. Escrevo para dizer que é libertador fazer a Obra fora dos muros da religiosidade. Escrevo para dizer que Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.

Romanos 8:1.

 

A paz do Senhor Jesus!”

.

.

Via um grupo de mulheres preparando comida em uma grande, úmida e mal iluminada cozinha e, aproximando-me vi que, como zumbis, mexiam panelas vazias.

 

Desejo que a autora deste depoimento, de alguma forma, tenha conhecimento desta publicação.

 

Destaquei o sonho. Na verdade, algo angustiante e opressivo pulsava, inconscientemente, na mente da sonhante. Os elementos contidos no sonho nos informam e por isso a angústia apelava por livramento (como a grávida que está em dias de dar a luz). Este é o processo que nos leva ao livramento das dores e medos implantados quando estamos presos em alguma seita.

 

Ficar em uma igreja que – notoriamente – perdeu o rumo das Escrituras é andar em círculos viciosos. Como diz o salmista: “Um abismo chamando outro abismo” (Salmo 42).

 

O gedeltismo nos traiu.

 

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/o-gedeltismo-nos-traiu/

 

O maranatismo é fundamentalmente oligárquico, opressivo, pseudocarismático e sectário. Gedelti Gueiros afirmou na mídia: a Maranata é seita; e deste modo o do da empresa e mestre-profeta das trombetas traçou os rumos dessa igreja até a encurralar em um beco sem saída.

 

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/08/beco-sem-saida/

 

Os seminários da Obra formatam maranáticos para manutenção do sistema; e, para piorar, os cultos proféticos nada mais são do que os campos de desenvolvimento dessa formatação idiotizante.

 

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2015/11/aturando-erros-e-colhendo-frutos-podres/

 

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/08/culto-profetico-mentiras-e-opressao/

 

Reitero o depoimento de Liberta pela GRAÇA

 

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2017/01/arrependei-vos-e-crede-no-evangelho/comment-page-1/#comment-25402

 

Se alguém ainda duvida de sua condição de prisioneiro da seita faça o teste

 

https://testemunhosderetirantes.wordpress.com/2017/01/24/teste/

 

“O SENHOR é minha justiça.”

 

CV

Liberta pela GRAÇA

Liberta disse:

14 de março de 2013 às 0:48

Bem não é facil se libertar deste sectarismo religioso não,a manipulação é muito forte,mas Deus sempre me mostrava e eu não tinha noção do que Ele queria me falar.

Hoje vejo que a maranata usou so o tempo da lei para reger-nos como escravos da icm e não “servos do Senhor” dizeres deles que tb ta na lei,pq depois do tempo da graça o Senhor nos diz na palavra”não vos chamei mais servos e sim amigos.

Agora pare e pense,vc tem obrigaçoes a força com o seu amigo? é escravo do seu amigo? não.a icm usa de “servo devedor “para aprisionar os membros as falsas doutrinas de tal forma que vc se sinta sempre devendo a Deus e pagando as penitencias com madrugadas e bla, bla

sinceramente me sinto livre e liberta disso,quem esta lendo peça a Deus a mesma esperiencia que pedir, de ser experimentado pela graça, peça so isso para Deus, pq a maranata não conhece e nem sente isso não. Medita la letra do hino maravilhosa graça,maranata não vive nem uma vogal daquele hino que diga de passagem não é da instituição, veja

MARAVILHOSA GRAÇA,MAIOR QUE O MEU PECAR,
COMO PODER CANTA-LA COMO HEI DE COMEÇAR.

Se a GRAÇA é maior que o meu pecar, pq então julgar a todos pelos seus pecados e pq diciplinar os servos que erraram no argumento de Deus diciplina a quem ama? olha a forma que Deus tratou aquela prostituta…..áquele que não tiver pecado atire a primeira pedra.exemplo de graça e amor ao próximo

POIS ALIVIA A MINHA ALMA E VIVO EM TODA CALMA,

nunca tive paz na icm,sempre somos “povos atribulados né” sempre cobrada por madrugadas e etc…sempre me julguei indigna e inutil perante Deus pq a icm nos faz pensar assim”Deus não precisa do homem”,então pq a biblia diz que Deus não enviou os anjos pq confiou a no trabalho das nossas mãos? se fossemos insignificantes para Deus, ele não teria feito o homem imagem e semelhança Dele,ou sera que a icm acha que Deus não gosta de si mesmo?!!!!?

Deus ate elogiou a Davi dizendo… homem segundo o coração de Deus. Deus nos ama demais a ponto de mandar o seu filho morrer por nos. E mais sobre a falta de paz, sempre cobrada na icm, dentro do lar, aquele que nunca se sentiu assim ta mentindo e feio, é so parar para meditar na própria vida.

PELA MARAVILHOSA GRAÇA DE JESUS,
GRAÇA QUAO MARAVILHOSA,GRAÇA DE JESUS,
ALTA COMO O FIRMAMENTO ALTA E SEM FIM,
GRAÇA QUAO MARAVILHOSA SUFICIENTE A MIM,
É MAIOR QUE A MINHA VIDA INUTIL E MEU PECADO VIL.

se ela é maior que meu pecado pq tenho que dia apos dia julgar quem erra? ela é maior que qualquer coisa pq julgar aqueles que nao são contra nos e sim por nos?o que nos diferencia dos outros se a graça nos nivela? a graça é maior que usos e costumes, é maior que o seu passado que nem Deus se lembra mais. A graça tem começo, depois da lei,mas não tem fim.OHHHHHHHHHHHH gloria!

O NOME DE JESUS ENGRANDECEI O GLORIA DAI,
MARAVILHOSA GRAÇA,QUAO RICAS BENÇÃOS TRAZ,
O SEU PODER TRASNFORMA O PECADOR FALAZ.

falaz significa enganador, fraudulento,ela tendo este poder de transformação,pq a icm não da esta chance para quem erra e peca?quem ja viu homosexual, presos, prostitutas terem chance ou serem libertos na instituição? a graça nao faz distinção de pessoa, e nunca foi usada na icm, conheço pessoas que sairam da icm por não conseguir se libertar do homosexualismo,acredito que alguem ai tb conhece.gente a graça transforma e pronto, se ela ta na igreja, ela tem que alcançar alguém.

ESTOU SALVO COM A VERDADE,
POR TODA A ETERNIDADE,
PELA MARAVILHOSA GRAÇA DE JESUS.

conhecei-vos a verdade e a verdade vos libertará,somos salvos e escolhidos por Deus desde o ventre de nossa mãe, Deus ja tem os seus escolhidos em todos, eu disse todos os lugares,

Salvação é um segredo que Deus não revelou para a icm que diz que esta se dá pelo ato e processo, explica entao o ladrao na cruz? qual foi o processo? este hino diz estou salvo por toda eternidade, isto é para quem tem a graça de Deus que uma vez provada jamais sai do coração.

Eu entendi pq a icm diz que é processo, pq assim vc fica sempre cumprindo com a escravidão da igreja para comprar sua salvação com uma madrugada, um jejum dormido, uma limpeza de banco, um dizimo e dai vai…. e tem mais, que tem a graça não perde a salvação, se pecar perde galardão e não salvação, interpreta este misterio de Deus?

Quem ja cantou este hino pensando assim? certamente so os que Deus trabalhou a mente. Na icm nunca conheci a graça que as outra igrejas evangelicas tanto falava, a graça que fazia Martim Lutero perder o sono, estou feliz demais com meu Amado Deus.

A minha experiencia de saida se deu por uma palavra ao qual o Senhor me deu, que vou procurar o texto e postar aki em breve. Orei ao Senhor e disse, Senhor, não tenho falicidade nesta igreja, vivo uma falsa paz, me sinto um fracaço, uma derrotada por não cumprir as orientaçoes da igreja; mas acredito que o Senhor e seu poder esta alem disso, me socorre Pai fala comigo como sempre falou desde a minha infância (nao era ainda icm) sabes que te amo Pai liberta minha alma…

Depois abri a biblia e saiu um texto que diz” que a quartorze anos libertou um alguem do cativeiro” quem tem mais contato com a biblia ai me ajudem a localizar este texto novamente por favor. E digo, acredite ou não é o tempo que tenho de “obra” corretos 14 anos. Ao meu esposo, o Senhor disse em uma direçao de onde ele ficaria, se na icm ou outra denominação ja escolhida, o texto saiu em jeremias 38, aquele que ficar nesta cidade morrerá a fome e a pestilência, mas aqueles que se unirem aos caudeus em outra cidade, este tera vida. olhem bem os verbos usados na oração, eu vou ou eu fico? e olha a resposta, é clara demais não acham?

E tem mais, acerca de outro assuntos, a igreja não forma pastores, e sim Deus, na Bíblia não existe ex pastor, a não ser Saul eleito pelo povo, tem muitos pastores mais de 125 hoje deixando a instituição, gente não são caidos, pq se fossem caidos, entao temos que concordar que foram eleitos pelo povo como Saul e a “revelação” da icm falhou em todos.

Em todo este tempo aprendi a sentar no trono e julgar a todo e a todos que são contra a maranata, fui manipula julguei ate meu pai que saiu da icm. Perdi o conceito de honra ao pai né, vai vendo ai como vamos nos disvirtuando sem querer da verdade fundamental da palavra, a icm é uma sala de tribunal, tudo vem de cima e nos so na obediência… Nao a Deus, mas ainda bem que a graça existe.

Eu era tão manipulada que achava que se eu lesse materias deste tipo eu trazia juizo para o meu lar e minha vida, é o que a icm diz para não sabermos da verdade, quanto eu adorei este bezerro de ouro chamado obra, ate sem querer.

O povo vive assombrado achando que se sair da linha recebe o castigo de Deus, irmão Deus não é este bicho que a icm prega, a obra que é, ela te pune, igual as seitas ai fora, ate uma uma que antes de ser maranata participei, os testemunhas de Jeova, ficava reparando as iguais semelhanças e ja cheguei ate dizer, mais é identico a icm é uma seita, a começar pelos templos iguais né, maranata, mormons, testimunhas de Jeová… isto é para vc não errar o caminho, e quem disse que não existe seita cristã? na pratica não existe msm não mas na placa da igreja sim veja la jim jones a dele era cristã.

Gostaria de relatar muito mais, mas acho que o mais importante é ressaltar que experimente da graça de Deus e verá sua vida transformada, só lamento tantas vidas manipuladas, mas Deus será com elas. digo mais “maranata o Senhor jesus vem”… virá sim, com mão forte, valente em guerra cobrar daqueles que estao aproveitando da fe de tantas vidas inocentes. Deus vai dar cabo de cada uma.

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/clamor-pelo-sangue-de-jesus/#comment-7129

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2017/01/arrependei-vos-e-crede-no-evangelho/#comment-25402

 

TESTE

Embora as seitas sejam diferentes em seus sistemas de crença, todas elas usam as mesmas técnicas de controle mental. O propósito deste artigo é permitir-lhe testar a si mesmo para saber se você é uma vítima dessas conhecidas técnicas de alienação. Nas seguintes questões não tratamos de nenhum grupo religioso específico. Pelo contrário, as informações abaixo foram coletadas visando muitos grupos, todos conhecidos por usar técnicas de controle da mente em seus membros. Deve-se notar, ainda, que essas questões não estão limitadas simplesmente a grupos religiosos. Atualmente existem também muitos grupos políticos, de negócios e seculares, não-religiosos, que empregam técnicas de controle mental em seus participantes.

 

E então, o que você tem a perder? Quer fazer o teste?

 

Faça o Teste!

Continuar lendo

igreja maranata – isso é um HOSPÍCIO

Meus amados, diante de todos os relatos que estamos tomando conhecimento, qualquer novela do autor mais depravado, pervertido, rebelde, polêmico, liberal, fica no chinelo perto do que se pode viver dentro dos domínios do reino, cujo governo é exercido pela rainha desfigurada!

Deus que abençoe os irmãos que lá ainda estão!

Por mais vivência que tenhamos, acho que ninguém está preparado para ouvir que, dentro de um lugar que se chame “igreja”, exista algo desta estirpe:

“O despreparo para o casamento é visivel, tamanho o pavor de algumas icemitas na igreja. O pior de tudo isso é o relato de uma amiga que há muitos anos saiu da seita, ela me disse com todas as letras que o seu varão o tal isaque, quis manter relacionamento intimo com ela antes de casar anal e ainda disse que isso podia só não podia ser o ato tradicional pois tiraria a virgindade ai não podia, tinha que se casar virgem. Pelo amor de Deus!” – parte do comentário de “cavaleira da verdade” em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/muita-coisa-esta-errada-dentro-desta-igreja/comment-page-7/#comment-49631

“Sei do caso de uma irmã, senhora de frente, esposa de ungido, que passou por isso. Ele nunca quis ter filhos e por isso forçava a mulher a este ato sexual constrangedor e aos 40 anos, depois de 20 anos de casamento a infeliz usava fraldas por não mais controlar as fezes. Hoje estão divorciados e ela lamenta o fato de nunca ter tido um filho… .” – parte do comentário de “falando nisso” em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/triste-fim-de-jornada-de-quarenta-anos/comment-page-5/#comment-49637

“- Já vi irmã com olho roxo por levar soco do marido e ele lá todo bonito dando assistência, orando com imposição de mãos e profetando;”…..”Fora o que as irmãs que são solteiras têm que aguentar de cantada e investida dos meia-solaS safados. A gente pensava que eram irmãos espirituais que queriam nos ajudar ou dar alguma assistência mas eram verdadeiros gaviões que ficavam rodeando com galanteios e presentinhos e visitinhas. Agora é que percebo que eram safados, nojentos e nunca foram crentes.” – trechos retirados do desabafo da irmã Eurípia Inês em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/triste-fim-de-jornada-de-quarenta-anos/comment-page-5/#comment-49646

“Sei de um dentista que era pastor que caiu em adultério com sua secretaria e começou a se sentir mal eu servir ceia, aconselhar casamentos em crise e resolveu procurar o anticristo GG para entregar o cargo pois não estava mais suportando viver em ecado e pastoreando igreja. Sabe quel foi a resposta do lider Mor, continua com seu casinho ai não precisa entregar o cargo, a igreja precisa de voce, as ovelhas precisa de vocem, e esse caso pode não dar em nada! Absurdo!” – trecho destacado do comentário de “Cavaleira da Verdade” em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/triste-fim-de-jornada-de-quarenta-anos/comment-page-5/#comment-49649

“Quando estive na seita, meu dizimo sumiu. Dei na mão do tesoureiro e como ele estava sem o recibo ficou de me entregar depois. Isso foi num sábado, no domingo quando fui cobrar o recibo o cara de pau falou que eu não havia dado ou que ele tinha esquecido no banco da igreja ou na Biblia e alguem tinha pegado.” – parte do comentário de “cavaleira da verdade” em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/triste-fim-de-jornada-de-quarenta-anos/comment-page-5/#comment-49623

“Tem uma igreja que um membro instrumentista marcava ensaios pra ensinar violão aos adolescentes sempre nos horários depois do culto aos domingos, as vezes no horario das 3hs, só ele e as crianças, depois descobriram que ele passava a mão nas pernas das meninas pois o costume de saia ja se aplica as adolescentes.” – parte do comentário de “cavaleira da verdade” emhttp://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/09/pedofilo-teria-feito-mais-duas-vitimas/comment-page-1/#comment-49628

“…quando eu tinha 15 anos fui molestado por um diácono da “obra”, no alojamento do maanaim, de madrugada……..contei apenas pra minha mãe….ela ficou indignada, mas ela (como eu tbm) eramos maranaticos…..não podiamos expor a “obra/icm”……” – comentado por “Frederico” em http://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/01/10/igreja-maranata-descobriram-que-ele-passava-a-mao-nas-pernas-das-meninas-pois-o-costume-de-saia-ja-se-aplica-as-adolescentes-pedofilia-na-maranata/#comment-5482

Tem um outro depoimento que me chocou muito foi o daquela mulher, presente em uma apresentação de uma criança, a qual seria filha do seu próprio marido, “ungido do sinhô”, com a mulher que posava de família honesta, do lado do companheiro traído! Por que essa senhora ficou calada tanto tempo?

E olha que eu tirei apenas alguns de destaque. Lá no blog do CV há muito mais…

Não me levem a mal não, por favor, mas quem tá dentro dessa babilônia, chamada de obra, tem que encostar as costas na parede, e cuidar muito bem dos seus pertences, e tem que orientar a todos que façam o mesmo, principalmente os seus filhos, do contrário…

Guarda o que tens, povo meu!

Como diz o pastor Eduardo, isso é um HOSPÍCIO!

Licença, queridos, pois vou sair para vomitar…

Paz do Senhor Jesus a todos!

Alandati.

Publicado artigo sob o título O QUE É MELHOR: VER A NOVELA OU VIVER O “REALITY SHOW” DA OBRA? em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/01/11/o-que-e-melhor-ver-a-novela-ou-viver-o-reality-show-da-obra/, com base no comentário da irmã Eurípia Inês, de 25 de outubro de 2012 às 21:43.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/05/meia-verdade-e-uma-mentira-inteira/#comment-49670

igreja maranata – pedofilia se repetindo e o pedófilo á solta novamente na igreja maranata

CV,

pedofilia na maranata

pedofilia na maranata

As feridas são tantas. Agora que estamos de fora é que vamos nos lembrando e ligando os fatos.
Na verdade essa instituição nunca se interessou em cuidar das vidas e muito menos respeitá-las.

Eu era professora em uma escola e perto ali, havia um trabalho da igreja.
Um dos frequentadores dos cultos andava sempre com crianças que não eram de sua família. Uma delas era uma menina aluna da escola que foi sexualmente violentada por esse homem. Isso me trouxe muito sofrimento e trauma. A polícia e o IML levou a criança e tudo foi provado e o homem foi preso.
Mas a revolta maior foi saber que um obreiro da igreja dava o maior apoio a esse violentador e pouco depois ele estava solto e frequentando a igreja. Eu reclamei e fui tratada com desprezo e com aquele silêncio próprio da seita.

Pouco tempo depois uma das professoras de criança comentou comigo que esse indivíduo estava na porta do banheiro olhando as meninas e elogiando-as.
Eu me revoltei de tal maneira que chamei o ungido da igreja e ameacei dizendo que rumaria um cabo de vassoura na cabeça daquele homem se eu visse ele olhando para uma menininha nossa.

Quando me lembro de fatos como esses é que me encorajo a relatar para que fique público aquilo que existe dentro deste ninho violento. Ali não existe a menor preocupação com as almas feridas, com as vidas dilaceradas pelo mundo, nada.
Sem palavras.

Tristeza.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/09/pedofilo-teria-feito-mais-duas-vitimas/comment-page-1/#comment-12184

igreja maranata – descobriram que ele passava a mão nas pernas das meninas pois o costume de saia ja se aplica as adolescentes – pedofilia na maranata

pedofilia na maranata

pedofilia na maranata

Tem uma igreja que um membro instrumentista marcava ensaios pra ensinar violão aos adolescentes sempre nos horários depois do culto aos domingos, as vezes no horario das 3hs, só ele e as crianças, depois descobriram que ele passava a mão nas pernas das meninas pois o costume de saia ja se aplica as adolescentes.

Quando cheguei a essa igreja questionei a conduta desse irmão pois ele mudou-se para outra e lá quis implantar esses horarios de ensaio.

Como tambem sou instrumentista não aceitei isso devido ao horario ser ruim para as crianças e gerou um stress. Logo depois fiquei sabendo da boca do Pastor do que havia ocorrido na outra igreja e cortaram ele dessa função.

Quer dizer… deve ter ido para outra fazer a mesma coisa.

Porque escondem?

Será que não poderiam avisar aos pais pelo menos?

Lixo…

Paz!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/09/pedofilo-teria-feito-mais-duas-vitimas/#comment-49628

.

.

São casos isolados – claro.

Mas como você que é mãe, pai que deixa sua filha a cuidado deles pode ter certeza que seu sangue está em mãos seguras?

COMO, se os donos da obra ABAFAM? 

PIOR, transferem o sujeito pedófilo simplesmente para outra igreja executando o mesmo cargo e crime!

Somente resta a denúncia porque aqueles que deveriam cúidar estão em pacto com os criminosos e pedófilos:

http://www.mpes.gov.br:8080/ouvidoria/portal/contato.html

 

ELES – os fundadores e donos dessa obra até usam o lema do ano!

O lema do ano 2013 para esconder toda sujeira para cometer crimes até nos filhos daqueles que dão suas vidas pela obra:

“Nesta peleja não tereis que pelejar; parai, estai em pé, e vede a salvação do Senhor para convosco, ó Judá e Jerusalém; não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o Senhor será convosco.”(II CR 20:17)

igreja maranata – CUIDADO COM O VENENO ENCONTRADO NOS BAIACUS DA OBRA!

CUIDADO COM O VENENO ENCONTRADO NOS BAIACUS DA OBRA!

Fico imaginando como pessoas que se dizem Servas de Deus trocam a benção por uma conta bancária gorda e carros importados na garagem e uma família bonita e todo mundo com saúde e confortável, pra viver “Obra como forma de vida” inventada por Líder construtor de heresias, e amante de dinheiro e poder.

Lamentavelmente estão trocando a consolação do Espírito Santo por conforto material e e promessas e mais promessas de bençãos materiais, de mansões que quando Jesus voltar vai ficar ai.

Um espírito de miséria habita no coração destas vacas magras que comem, comem e nunca podem se fartar. Estão tirando a lã das ovelhas. Quiseram enxergar além da letra, mostrando meias verdades e muita vaidade protendo ser detectores da verdade única.

Homens cultos cheios de letra mas vazios do Espírito Santo de Deus.

Transformaram a palavra de Deus em fonte de extorsão da vida dos membros, com dons fabricados para benefícios próprios. Banquete de ladrões, não só de dízimos; mas ladrões de sonhos, mercenários de almas. HOMENS INCHADOS de presunção, julgam-se donos das vidas dos membros.

Vivem manipulando resultados fraldosos quanto a quantidade de membros existentes nas igrejas, o tão famoso censo. Falta o censo de vergonha na cara, censo de ridículos.

Me sinto enojada quando lembro do diácono anotando quem estava na madrugada, quem estava na escola dominical para depois passar para o Pr da igreja. Muita bajulação, puxa saquismo.

Que Evangelho é esse?

Paz!

Publicado por Agora sou Livre em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/estelionato-religioso/comment-page-2/#comment-49601

.

COMENTÁRIO DIGA NÃO ÀSEITA:

.

Eu destaquei do texto da irmã o termo HOMENS INCHADOS e curiosamente, em pesquisa na rede, querendo fazer uma analogia intencional, encontrei um artigo interessante a respeito da morte pelo baiacu, aquele peixe, encontrado predominantemente no Brasil, que se incha em sinal de defesa, e me deparei com similaridades com os obráticos, e vou trazer para os irmãos.

O título do artigo sobre o baiacu é intitulado “Como é a morte por veneno de baiacu?”, o qual transcrevo abaixo, em itálico:

“Todos os anos, cerca de cinco pessoas morrem – e muitas outras são internadas – por causa do veneno de um dos peixes mais controversos da culinária mundial: o baiacu (ou Fugu, aquele mesmo que pode se inflar para espantar os inimigos). As mortes acontecem porque o peixe (considerado o segundo vertebrado mais venenoso do mundo) pode liberar Tetrodotoxina (uma neurotoxina 1.200 vezes mais mortal que o cianeto).

A substância não é fabricada pelos baiacus, mas por bactérias que ficam alojadas nos peixes. E elas podem ser espalhadas por todo o corpo do animal – desde as escamas até o fígado. O veneno encontrado em um deles pode ser o suficiente para matar 30 pessoas. Segundo o io9, mesmo com toda essa força, a morte causada pela Tetrodotoxina não é indolor, apesar de ser rápida.

Nos primeiros instantes, lábios e dedos começam a amortecer e apresentar espasmos (nesse ponto, ainda existe tempo de chegar ao hospital para um internamento emergencial). Depois começa a fraqueza muscular e surtos de diarreia e vômito até que os espasmos começam a ser percebidos também nos pulmões. Muitas vítimas sofrem parada respiratória enquanto ainda estão conscientes. A morte vem logo em seguida.

Há casos também de “zumbificação” das vítimas. A Tetrodotoxina pode encontrar em sintonia com outras neurotoxinas e fazer com que o corpo seja completamente paralisado, fazendo com que a pessoa apenas pareça morta. Depois as funções cerebrais voluntárias são retiradas e a pessoa torna-se um cadáver que pode se mexer, mas não sabe o que está fazendo.

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/biologia/18611-como-e-a-morte-por-veneno-de-baiacu-.htm#ixzz2Ha3hixw2

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/biologia/18611-como-e-a-morte-por-veneno-de-baiacu-.htm

Bem, os caras na obra se incham em defesa da obra. Basta alguém colocar em xeque o que se vive na seita, e os “baiacus” se inflam, assumindo o máximo de prepotência e arrogância, disseminadas nos maanains e demais unidades locais, para tentar assustar os supostos “agressores”, parecendo ser uma causa pessoal, aumentando o seu volume em até 3 vezes o tamanho do corpo, ou seja, ampliando uma coisa que não é absolutamente nada, dentro do universo cristão, visto que se utiliza de bases heréticas estruturais, e se apegam a vapores de verdade, meias-verdades ou mentiras inteiras…

O cianeto é uma toxina fortíssima, mas a tetradoxina é 1200 vezes mais mortal. Só à título de curiosidade, o cianeto foi o veneno utilizado naquele massacre em Jonestown (Cidade do Jones), quando quase mil pessoas, dentre elas crianças de colo, idosos, foram induzidas, por um inescrupuloso, líder de uma seita, jim jones, a tomar tal toxina, perecendo todos ali mesmo. Detalhe: ele mesmo não tomou! Imaginem uma ocorrência dessas com a tetradoxina (veneno encontrado no baiacu)?

Os baiacus são encontrados em águas da América do Sul, predominantemente no Brasil, assim como a seita começou na América do Sul, e especificamente no Brasil.

A substância tóxica não é produzida no baiacu e sim é oriunda de bactérias que se alojam no corpo do peixe. A toxina é produzida pelas “bactérias” da obra, que se alojam no “corpo”. A membresia é infeccionada com “entendimento de obra”, “sectarismo”, “facciosismo”, “isolamento social”, “diminuição do poder de questionamento”, “falta de leitura e interpretação corretas da Bíblia”, e outros entendimentos falaciosos, como “não toqueis nos meus ungidos”, “ministério está acima dos dons”, “esta obra é filho único”, “esta é a obra, o resto é sobra”, “tudo que não é obra é religião, movimento”, “teologia é besteira”, “para tudo tem que se clamar pelo poder do sangue de jesus”, “consulta à palavra – bibliomancia”, e diversas outras baboseiras. Assim funciona a reprodução de “baiacus”, em série, na seita.

Outra coisa sobre a toxina em si é que a quantidade de veneno em um só baiacu é capaz de matar até 30 pessoas. Cada “baiacu” meia-sola pode matar até 30 vidas da membresia, lançando o veneno encontrado no seu corpo. Trocando por uma unidade de medida conhecida na seita, seria a morte de um “grupo de assistência” inteiro.

A intoxicação pelo “veneno do baiacu” acarreta dormências de órgãos, espasmos, vômitos, diarreias, e até casos de parada respiratória, seguida de morte. Ora, parece que estão sendo descritos sintomas de quem vive na seita, e diante das injustiças, discriminações, apadrinhamentos, perseguições, competições excessivas, preconceitos, mentiras, falsidades, delitos (em tese), heresias, avareza, politicagens, assédios moral, eclesiástico e até sexual, etc…

Se as coincidências parassem por aí, as similaridades seriam assombrosas, mas ainda há o tal processo de “zumbificação”, em decorrência de envenenamento por tetrodotoxina (“veneno do baiacu”), ocorrido em alguns casos! Os icemitas formatados pelo gedeltismo não são nada além de “zumbis”, parecendo que estão mortos (com raríssimas exceções), exatamente porque não demonstram sinais de vida eclesiástica, pois não questionam nada, aceitando tudo que vem de ordem do palácio da rainha desfigurada, não podem sair, visto que temem as maldições lançadas pelo chefe da destilação do ódio, não leem e-mails, não entram no orkut, não leem os jornais, não acreditam nas notícias sobre o escândalo, não pesquisam sobre o assunto, enfim, andam como “zumbis” na obra!

Lancei o assunto “zumbificação” pela toxina encontrada no baiacu no google, e encontrei várias outras páginas abordando o assunto, inclusive com vídeos e relatos de casos ocorridos de tal fenômeno.

Que obra maravilhosa essa, hein, “baiacus”!

Foge dela, povo meu!

A Paz do Senhor Jesus!

Alandati.

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/01/10/cuidado-com-o-veneno-encontrado-nos-baiacus-da-obra/

igreja maranata – Mulheres denunciem isso! Não se permitam a isso. Infelizmente formaram homens doentes espiritualmente, fisicamente, mentalmente

Irma Patricia!

Já que esse assunto foi abordado e aqui só tem pessoas adultas e maduras vou relatar algo igual ou pior ao que voce falou. A cabeça do icemita homem, no sentido físico, porque espiritual nem vou entrar na questão é doentio, pior do que impio, do que não conhece a Deus.Eles acham que as mulheres são propriedades dele tal qual a obra é propriedade de Gedelti. Isso eles aprenderam com o lider Mor, achar que as pessoas as mulheres são como geladeira que quando eles querem abrem usam e depois fecham até aproxima vez que quiserem usar.
O despreparo para o casamento é visivel, tamanho o pavor de algumas icemitas na igreja. O pior de tudo isso é o relato de uma amiga que há muitos anos saiu da seita, ela me disse com todas as letras que o seu varão o tal isaque, quis manter relacionamento intimo com ela antes de casar anal e ainda disse que isso podia só não podia ser o ato tradicional pois tiraria a virgindade ai não podia, tinha que se casar virgem. Pelo amor de Deus!

Que bando de animais no cio.

Mulheres denunciem isso! Não se permitam a isso. Infelizmente formaram homens doentes espiritualmente, fisicamente, mentalmente. Tai o resultado de tanto desvio de conduta e libertinagem.

Tai, pastores: vocês se lembram dessas recomendações da Palavra de Deus?

Efésios 5:25 Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,
26 para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra,
27 para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.
28 Assim também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama.
29 Porque ninguém jamais odiou a própria carne; antes, a alimenta e dela cuida, como também Cristo o faz com a igreja;
30 porque somos membros do seu corpo.

Colossenses 3:19 Maridos, amai vossa esposa e não a trateis com amargura.

1 Pedro 3:7 Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações.

Paz!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/muita-coisa-esta-errada-dentro-desta-igreja/comment-page-7/#comment-49631

igreja maranata – eles afirmam que “casamento na obra” é o modelo certo para outras denominações e para o mundo – depois de casados, o homem tem total direito sobre a mulher, inclusive a prática do sexo anal

Na seita, eles afirmam que “casamento na obra” é o modelo certo para outras denominações e para o mundo. Casar na “oubra” é como se fosse casar no céu.

Porém o que sempre observava na grande maioria dos casais era um descompasso. Sempre notava a tristeza escancarada no rosto de algumas mulheres, outras choravam sempre nos cultos, outras muito carrancudas, eu e minha amiga ficavamos tentando entender o porque de vários comportamentos estranhos, sendo que elas haviam encontrado o “príncipe encantado”.

Aos poucos fui ligando as coisas…. e pude perceber que na aula dos jovens, não tem um estudo aprofundado de como deve ser o comportamento da mulher e marido no matrimônio. É ensinado apenas como conseguir a “rebeca” e o “isaque”, como manter o relacionamento após casados, isso eu nunca vi.

Outro detalhe importante, a ser observado é o comportamento masculino em relação as mulheres. Na minha 2° volta à maranata, namorei 2 obreiros, um da minha congregação e outro de uma cidade próxima. E eu sempre muito conversada, ia puxando da boca deles o que pensavam sobre matrimonio, relacionamento sexual, etc…e para minha surpresa ouvi a afirmação que depois de casados, o homem tem total direito sobre a mulher , inclusive a prática do sexo anal. Então eu perguntei, onde voce aprendeu isso??? As respostas foram: tem pastor que defende esta prática, e não tem problema algum, depois de casado, vale tudo! Bem irmãos, nem precisa dizer qual foi a minha resposta a esses “valetes da oubra”, a minha maior resposta foi o rompimento do namoro.

Mesmo depois de ouvir tamanha barbaridade, eu fiquei na dúvida, achando que era uma desculpa esfarrapada, usando o nome de pastor. Hoje vejo que não é, pois o CV já fez menção – condenando essa prática por ser humilhante e vexatória para a mulher – utilizada por alguns pastores e diáconos (espero que é a minoria que faz isso).

Para meu espanto, encontrei uma amiga qua alguns anos eu não a via, e esta saiu da seita tambem, hoje esta congregando em outra igreja, e me disse mais uma barbaridade; ela é parente de pastores da icm, diáconos, e descobriu que pastores na sua familia tambem faz o uso dessa prática.

É lamentável! É um absurdo! É questão de saúde!

É contrário ao modo natural da mulher!

Icemitas que talvez estejam sendo usadas dessa forma, digam NÃO! aos seus maridos, sejam quem for, pastor, ungido, diácono, obreiro… você é mulher e merece ser respeitada!

E ponto final!!!

A paz!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/muita-coisa-esta-errada-dentro-desta-igreja/#comment-49626