maranata – madeira de contrabando para a obra da igreja maranata cohatrac III

Queridos irmãos. Tenho ouvido e visto bastante a cerca da “obra”. E o maranhão também tem maus exemplos e péssimas noticias: o ungido Renato – capitão da PM – foi encarregado de receber um carregamento de madeira oriunda do interior do estado, que seria usado na construção da igreja do Cohatrac III. Ao perceber que se tratava de “contrabando”, deu voz de prisão para o motorista da transportadora,mas foi advertido pelo Pr Edivaldo para deixar tudo como o combinado com ele (propina de R$ 700,00). Resultado: o ungido entregou o cargo e deixou a Maranata, e com ele muitos irmãos.
Aqui, os dizimos e ofertas trafegam pelas contas-correntes dos pastores (Pr Italiano).

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/fabrica-de-meia-solas/