maranata – Sabem que o que não falta é palavra de morte, contra os que saem, por isso o medo. Como o que estão fazendo agora com as 23 pessoas que saíram da igreja de Jardim da Penha I – em Vitória.

Quanto mais essa “obra” nos julga, condena, amaldiçoa, mais temos a certeza de que tomamos a decisão certa.

Vendo a última vigília em BH, dirigida pelos pastores Maurício e Sergio, tive muita pena do que aquele lugar se tornou, se é que um dia foi. Profetadas e mais profetadas, línguas muito estranhas. Louvor arrastado e sem nenhuma alegria.

E nada de JESUS

Coitado daquele povo! Quantos queridos ainda estão lá, precisando de força para romper com esse sistema enganador.

Sabe CV e irmãos, tem muita gente entregando suas funções, indo à igreja, uma ou duas vezes por mês, desiludidos com tudo, mas sem forças pra chutar tudo pro alto e começar de novo, em outro lugar. A maioria irmãs com filhos. Por isso a necessidade de nossas orações, como também de estarmos sempre aqui, postando alguma coisa, pois é aqui, que muitas tem encontrado um pouco de consolo.

Assim como me ajudaram, tem ajudado a muitos que ainda se encontram prisioneiros naquela “obra”, que pode ser tudo menos igreja – corpo de Cristo. Igreja – corpo de Cristo é lugar de consolo, conforto, amor, alegria, paz, segurança e certeza de vida eterna com Jesus.

Lá, mentiras, heresias, maldições, profetadas, e muita pressão pra segurar o povo, a qualquer preço. Sabem que o que não falta é palavra de morte, contra os que saem, por isso o medo.

Como o que estão fazendo agora com as 23 pessoas que saíram da igreja de Jardim da Penha I – em Vitória. Gente honesta e temente a Deus, com 20, 30 e até 40 anos de “obra”, taxados agora de todos os “adjetivos”, próprio de um icemita formatado. Mas “a boca fala, do que o coração está cheio”, então fazer o quê? Só nos resta orar e GRITAR, aqui nesse blog.

Porque esse SOM não para de ecoar!
.
.
Amados, Ângela nos chama atenção para este fato: ORAÇÃO!

E nós podemos ORAR, sim! isso podemos… E me lembro dos primeiros começos do Blog e pensava: é nada em comparação ao que eles precisam. Foi nessa ocasião que escrevi um artigo ainda não publicado, falando algo a respeito de Elias saindo de Querite e indo para Sarepta à espera dos dias… Depois, este inesquecível profeta dirigiu-se ao monte Carmelo, e, com a descida do fogo de Deus consumindo o novilho no altar restaurado (e até lambendo a água que escorria), a obra dos meia-solas remendados por Nabote e Zesabel (quem lê entenda) foi destruída.

E aconteceu que neste incidente algo mais restava; e é quando nós encontramos o amado profeta de cabeça enfiada entre os joelhos, esperando o mover do Eterno e Todo-Poderoso para socorrer os desesperançados da terra. E ele orou com insistência, até que bem distante apareceu a nuvem, pequena como o punho de um homem… Era o sinal da grande tempestade…

Filhos de Deus, com Elias, o amado “homem de Deus”, aprendemos lições de perseverança na oração. Entreguem-se à oração perseverante. Este é o momento de consolar desesperados, curar feridos, dirigir os sofredores, fortalecer os que manquejam de opressão. Infelizmente, como instituição a ICM se nos apresenta cidadela de ofensas, pedra de tropeço e poço de iniqüidades. O ninho está sujo… muito sujo.

Olhem o cenário de cada família dos retirantes. (Comentei a obra de C. Portinari com este título. Cena forte mas não nos parece a realidade dos retirantes?) O gedeltismo mentiu e semeou a desesperança, a fome, a loucura, a profetada e tradições de vaidades. Porém, o Deus da Consolação em breve esmagará a Satanás usando nossos pés, sim! os pés daqueles que não se permitem cansar, nem desanimar; mas ousam crer que Ele é poderoso para nos sustentar ainda que andemos pelo vale das sombras e da morte…

Orem! Peçam a Deus uma capacitação especial neste sentido. Na sua casa será como aconteceu a Elias: pequeno o sinal da resposta mas de repente o quebrantamento de coração, com lágrimas… abundantes lágrimas de gratidão pelo livramento das amarras, doenças e medos; livramento das maldições e profetadas… algo que o Espírito de Cristo Jesus está disposto a conceder.

SIM! Nós podemos orar… e orar com ações de graças… até que os Céus se abram e desçam chuvas de bênçãos sobre a secura dos corações doentes de desesperança.

Paz.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/desertores-quem-sao-e-onde-estao/#comment-12179

maranata – a lavagem cerebral provocada por esta seita ICM é fortíssima mesmo, pois as pessoas nesta “igreja” só tem a perder. Perdem dinheiro, o tempo precioso, perdem a saúde,perdem os familiares e acredito que podem até mesmo perder a salvação

É, eu tenho muita pena das pessoas que ainda insistem em permanecer na ICM. Saem de casa para ir à igreja na espectativa de ouvir uma palavra que traga alento, consolo, esperança e o que ouvem: um senhor completamente desequilibrado esbravejando e lançando maldições nas pessoas que deixam esta ICM, que de cristã só tem o nome. Isto é muito triste, confesso que não gostaria de estar na pele destes irmãos.O pior é que em alguns lugares os irmãos são convocados a se deslocarem para um determinado lugar, ou seja,além do desconforto do deslocamento, ainda têm que arcar com este deslocamento a fim de presenciarem esbravejamento e maldições lançadas contra pessoas por um homem que se diz pastor. Isto é muito triste. Fico a pensar: realmente a lavagem cerebral provocada por esta seita ICM é fortíssima mesmo, pois as pessoas nesta “igreja” só tem a perder. Perdem dinheiro, o tempo precioso, perdem a saúde,perdem os familiares e acredito que podem até mesmo perder a salvação, por viverem doutrinas totalmente em desacordo com a Palavra de Deus. Que Deus possa continuar a abrir os olhos daqueles que são sinceros e que procuram serví-lo de todo o coração, mas que infelizmente estão no lugar errado. Um abraço e fiquem na PAZ!

Olha gente, ja ia me esquecendo, na verdade eu já vivi tudo isto que falei no comentário nº 43 por longos 27 anos. Perdi tempo, dinheiro, já me adoeci, tive prejuizos no relacionamento com familiares, vivi e ensinei doutrinas heréticas. Oh! Deus perdão! Tudo por causa da “obra”. Mas graças a Deus fui contemplado com uma grande benção: HOJE SOU LIVREEEEEEEE! ALELUIAAAAA!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/05/me-desesperei-quero-fugir-do-ninho-e-nao-sei-como/#comment-11917

maranata – Amados irmãos, o Comendador malabarista continua desqualificando os retirantes, chamando de judas, dizendo: vai negar aquilo que viveu na OBRA (que é o deus dele)

Amados irmãos, o Comendador malabarista continua desqualificando os retirantes, chamando de judas, dizendo: vai negar aquilo que viveu na OBRA (que é o deus dele).
Digo por mim: não vou negar ao Senhor Jesus, não vou negar as experiências que tive com o Senhor! Mas nego, agora, em sã consciência, as heresias que me colocaram na cabeça. Nego sim!As loucuras que me ensinaram, a tal “obra em primeiro lugar”. Deixei minha esposa por três meses sem ficar um final de semana em casa, e durante a semana viaja, era propagandista fiz por esta tal obra que é uma seita pra doido!
Graças a Deus que minha esposa não me largou, e me acompanhou também na decisão de sair deste ninho sujo… muito sujo e fedorento!
Nego, agora, sim! todo ensino herético que tive e não masi faz parte da minha vida.
Nego esta seita formada por meia-solas.
Nego a autoridade deste Comendador, que só lança maldições e pragas.
A minha relação com o Senhor Jesus independe de qualquer instituição, muito menos de uma seita herética que ao invés de adorar ao Senhor, adora a tal OBRA.
Um abraço fraternal aos irmãos em Cristo!Um bom domingo!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/05/me-desesperei-quero-fugir-do-ninho-e-nao-sei-como/#comment-11773