igreja maranata – Na polícia militar do estado do espírito santo os maranatas possuem outro nome: MARAMÁFIA

PM da maranata com apelido de maramáfia

PM da maranata com apelido de maramáfia

Em conversa com um sargento da PM-ES o mesmo disse que os maranatas são conhecidos lá no quartel pela forma de atuação. Se o comandante for da seita, os subordinados que também são usufruem de regalias, tais como folgas em horários e datas melhores, promoções, etc. Na PM-ES os maranatas possuem outro nome: MARAMÁFIA. Que “tristemunho” para o evangelho.
Outro dia, aquele “mugido” garanhão canela verde foi viajar e precisou aguardar a liberação da PF, isso sem constrangimento algum. Puro óleo de peroba.
Li o manifesto dos “mugidos” robotizados de MG em apoio ao grão mestre e confesso que fiquei triste por existirem tantos covardes no comando desta seita apoiando seus erros.
Este ano Deus vai cobrar desses homens a conta e não vai ser barata não.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/12/bando-de-fariseus/#comment-49517

Comentário:

também já comentamos a respeito – “Os infiltrados”

http://obramaranatarevelada.wordpress.com/2012/11/03/igreja-maranata-a-infiltracao-de-membros-da-seita-vai-alem-disso-e-na-pf-pm-policia-civil-todo-tipo-de-organizacao-governamental-e-ate-na-justica/

O fundador da maranata, gedelti gueiros, dono e deus revelador da seita, soube infiltrar seus escolhidos muito bem nos poderes administrativos como política, polícia e justiça no estado do Espírito Santo.

Tem maranata ROXO e obediente a gedelti gueiros na justiça, como a atual juíza que tenta livrar o deus da maranata interferindo nas investigações do MPES. Tem o tal de juíz aposentado Augusto Kohls que está entre os 26 investigados pelo MPES. Que sabe muito sobre os crimes da máfia da maranata. Juíz aposentado que PAGOU uma nota boa para tirar sua filha, também juíza, de um processo de fraude na justiça capixaba: http://jusvi.com/noticias/16812

Chegou a um ponto tão ridículo que até tem Rua em Vila Velha no bairro “dívino espírito santo” nomeado em homenagem ao augusto kohls… Esse fato me lembra do caso Dan Mitrione, amigo de jim jones… O grande pai da tortura que ensinava aos militares como torturar político preso durante a ditadura militar… Tinha uma rua em BH em homenagem a dan mitrione. Quando ficou claro quem era dan mitrione e o que ele fez no Brasil trocaram o nome de rua. Acho que está na hora de mudar o nome de um bairro inteiro na cidade de Vila Velha – o bairro dívino espírito santo a cada dia ganha mais a cara de bairro do anti-cristo.

Se isso for critério para dar nome a ruas em cidades então todas as cidades no mundo deveriam ter uma Avenida Adolf Hitler!

Mas continuando na matéria, tem polícial militar, tem polícial federal e tem polícial cívil da “oubra maranata”!

Tem político envolvido como o ex-governador paulo hartung, deputado elcio alvares e o famoso ex-presidente do hospital Metropolitano e deputado federal manato…

Gedelti gueiros entendeu e soube escolher os “escolhidos” e amigos da “obra” em favor de sua “obra”, para proteger e não expor a “obra”.

Uma “obra” de poder, dinheiro, riqueza, fraude, tráfico, morte!!

É um caso NACIONAL – não está mais límitado ao estado do Espírito Santo – o poder paralelo da seita maranata a comando de gedelti gueiros está infiltrado nos estados de ES, BR, MG, RJ, BA, PE, SP e por aí vai – aonde aparece um membro da maranata com poder dentro dos 3 poderes fundamentais de um estado democrático tem um levantamento pelo “sinhô” da obra! Um “amigo da oubra” de gedelti gueiros revelado!

PAZ

igreja cristã maranata – cúmplice dos judas

icm - cumplice dos judas

icm – cumplice dos judas

 

almircruz disse:

“eu já sabia desses escândalos antes mesmo de ser divulgado na imprensa mais não sai espalhando porque eu amo a minha igreja e a defenderei com a minha própria vida”.

CÚMPLICE DOS JUDAS!!!

Como consequência desta atitude sua em ficar calado (é um direito seu) o mal continua fazendo vítimas dentro desta instituição que se denomina igreja.

Por medo de sofrer retaliações fizeste esta escolha dando a desculpa que a imagem da igreja não pode ser prejudicada. Mas monarca religioso e seus valetes (escrevi valetes) não se preocuparam com isso quando se propuseram a construir um império para enriquecimento ilícito, abusando do glorioso Nome de Deus.

Invocaram o Nome de Deus na base do sorrevelô, manitveram o povo na ignorãncia e no medo de maneira que não se lhes permite pensar que o sistema é corrupto. E no geral continuam na ilusão de que fazem perte da “igreja fiel”.

Falta de vergonha e omissão é você dizer: “Eu mesmo sei de muita coisa sobre os homens da igreja, coisas mais graves do que vcs imaginam muito mais do que vcs vem postando acima mais eu não saio espalhando porque eu não quero prejudicar a imagem da minha igreja,”

Confessa! Como é que vc pode continuar com esses entreves no coração?

Deus pede que você seja cúmplice com os Judas?
Deus pede que você defenda os donos de balcões de negócios que escravizaram o povo?
Deus pede que você oculte os desvios de dinheiuro e crimes (em tese)?
Deus mandou que você escopndesse o que sabes a respeito dos desvios de pagamentos de segueros?

Quisera eu fazer essas perguntas na sua cara, diante das câmaras da TV.
Dediquei boa parte da minha vida a esta igreja até perceber a enganação e sai de lá. Sinto nojo! Apareça! Mostra a cara!

Peço encarecidamente que um dos Promotores do GAECO – ES preste atenção às falas deste CUMPLICE DOS SISTEMA e ai a pergunhta: até onde vai essa cumpliciade?

Presumindo a iminência de mandados de prisão bom seria que um desses folsse destinado a você. Saiba disso. Suas palavras serão usadas contra você mesmo, pois acaba de confessar sua omissão e terá que testemunhar diante de um tribunal quais são estas coisas mais graves que sabes…

Ou vai borrar as calças?

Pois fique sabendo que agentes policiais e autoridades acompanham este blog como canal de informações.

Sinceramente, fico penalizada com sua atitude em alardear que estás pronto a defender sua igreja com sua própria vida. É mesmo?! Escuta aui, fiote de gedeusti, a amada igreja que o chefe icemita inventou está mergulhada em um poço de iniquidades e você está se atolando nessa falta de vergonha da elite maranática onde cada um defend o bolso e acoberta os crimes dos outros vendilhões do templo.

Pregar o nome de Jesus deve ser difícil, não é? Falar de Jesus dentro de um ônibus lotado em plena luz do dia, você não teria coragem. Entregar folhetos nas esquinas debaixo do sol quente, muito menos.Visitar presídios, hospitais, asilos, casa lares, é algo que nunca ouviu falar, muito menos fazer.

Obra de Deus não está em uma denominação, ou igreja e sim dentro de cada um, onde o Espírito Santo habita.
.
.
Algemas…

Agora me digam:

se está entrando dinheiro (e cheques) de dízimos, para onde está sendo levado? para algumn sítio? para algum hotel?

se entre amigos distribuem-se comissões de negócios nebulosos, onde esse dinheiro fica escondido? Em apartamento de algum parente? Quem recebe? Quem é cúmplice?

se estamos cientes da existência de um poço de iniquidades, até onde os avarentos podem ir?

se fortunas foram acumuladas à custa da pobreza de muitos e roubalheria acobertada por profetadas e revelagens, o que acontecerá com os donos dos balcões de seguros?

se o sistema instiga o ódio religioso de que mais serão capazes?

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/operacao-abafa-desvio-de-recursos/comment-page-7/#comment-49284

igreja cristã maranata – Conhecereis a VERDADE e a VERDADE, VOS LIBERTARÁ

“Conhecereis a VERDADE e a VERDADE, VOS LIBERTARÁ.” J.C.

“Eu sou O Caminho A VERDADE e a Vida, não há outro caminho até ao PAI.”
J.C.

Conhecereis a VERDADE e a VERDADE, VOS LIBERTARÁ

Conhecereis a VERDADE e a VERDADE, VOS LIBERTARÁ

A VERDADE liberta, o que eles precisam é ouvir A VERDADE. Nós deveríamos nos preocupar mais com as vidas, do que com a denominação maranata, afinal de contas é só mais uma entre milhares no mundo, e em comparação com algumas que têm milhões de adeptos, não vejo sentido em admoestarmos somente os de lá, ou criticar somente a maranata.
A maranata já foi um dia, melhor que as outras??!! Não!!!

As vidas que estão na maranata são mais importantes que as outras que estão sendo iludidas nas outras denominações??!!!, Não!!!

Já basta o pesar da mão de Deus sobre os cães, a nós, cabe amá-los como a nós mesmos, e quem tiver ouvidos para ouvir, ouça!!!

A seara é enorme e poucos são os trabalhadores, não deveríamos perder o nosso escasso tempo, para mencionar, PES, ICM, Maanain, Gedelti, governo, Amadeu, polícia federal, cadeia, prisão, punição, condeção, ministério público, justiça humana, etc…Isso tudo, faz parte do mundo, mas mencionaremos JESUS CRISTO, os nossos proventos serão maravilhosos.

E se eles tiverem que pagar, as dívidas deles com Deus, podem ter certeza, elas estão todas anotadas, eles não pecaram contra a justiça dos homens, mas sim contra a Justiça do Reino de Deus. Ao arrependimento nós os encaminharemos, pois nós pelo que percebo, não desviaremos do caminho, pois estamos convictos, mas é só o começo, temos que acertarmos a nossa dívida com JESUS CRISTO tbm, se o encontramos, agora o compartilharemos .
Tenham certeza absoluta de uma coisa: Deus não está se agradando da forma como aqueles que saíram de lá, estão procedendo, pois o que liberta é A VERDADE que conhecemos em JESUS, e a JUSTIÇA DO seu REINO, que julgará com A VERDADE, aqueles que lançaram mão da PALAVRA, mas não praticaram os ensinamentos de JESUS, e acabaram não experimentando, e nem sequer de leve, provando o banquete que Cristo preparou e deixou servido, a saber; A JUSTIÇA, A VERDADE E O AMOR.

Não ficará pedra sobre pedra destes lugares onde Deus não habita, e esses lugares nunca representaram a IGREJA DE JESUS CRISTO.

Então, neste momento agora, creio que precisamos muito meditar e trabalharmos nas vidas que estão indo para o mesmo buraco que cairão os seus guias, mas não só da marata, mas de todas denominações, pois são ovelhas cegas, e falaremos aos guias-cegos, para que eles, os lobos que se passam por pastores, que arrependam-se, pois a A IGREJA ESPIRITUAL é a NOIVA que se enamorará por CRISTO, e ela SEDUZIR á JESUS CRISTO , ela irá atraí-lo com a reciprocidade no AMOR, ela é incomparável, aplausível diante de DEUS, imaculada e misercódiosa com os cegos e perdidos, sejam eles os lobos, sejam eles as ovelhas guiadas pelos lobos, para que saibam que Deus é justo e que, antes do castigo, eles tenham a chance de se livrarem da morte ETERNA, e que, os que ouvirem a tua voz, descubram o quanto eles estão empobrecidos diante de DEUS, e aproveitem a oportunidade de tornarem-se ricos diante do mesmo.

Antes éramos escravos, e fugimos da escravidão do mundo, agora fomos cativados, mas não com grilhões e correntes e calabouços, mas seremos levados cativos e apaixonados pelo nosso cativador, que nos atará nas amarras do seu sobrenatural AMOR, e nos levará por caminhos antes inimagináveis, ou por onde não queríamos passar, e seremos destemidos como destemido foi, o nosso SENHOR, seremos ousados, até muito mais que alguns foram, durante o passado grandioso dos primeiros a adentrarem nos átrios espirituais da igreja espiritual de JESUS CRISTO.

E Deus selará esta união da NOIVA com o seu FILHO, para que dure, não só enquanto aqui vivermos, mas Eternamente.

http://www.facebook.com/groups/maranatarevelada/permalink/424986317574217/

 

igreja maranata – Veja notas frias que teriam sido usadas no desvio de recursos dos dízimos da Igreja Maranata

Veja notas frias que teriam sido usadas no desvio de recursos dos dízimos da Igreja Maranata

Lívia Meneghel (redacao@eshoje.com.br)/ Fotos: Dayana Souza



 

destaque  igreja maranata maanaim carapina dayana souza Veja notas frias que teriam sido usadas no desvio de recursos dos dízimos da Igreja Maranata

Veja notas frias que teriam sido usadas no desvio de recursos dos dízimos da Igreja Maranata

O jornal ESHOJE teve acesso às cópias das notas frias que teriam sido usadas no desvio de recursos dos dízimos doados por fiéis da Igreja Cristã Maranata (ICM) e que levaram a ação da operação “Entre Irmãos”, do Ministério Público. As notas provenientes de transações para a ICM, emitidas por uma pequena papelaria localizada em São Torquato, Vila Velha, foram encaminhadas à nossa reportagem por meio da colaboração de um leitor.

Conforme as notas (veja na galeria abaixo), a papelaria foi uma das empresas que forneceram notas frias para o desvio de recursos do dízimo doado por fiéis, fato apontado pela auditoria externa que apura o tamanho do rombo e também pela investigação que a própria Maranata realizou.

O esquema foi montado na cúpula da Igreja Cristã Maranata com o envolvimento de pastores, fornecedores e diáconos. A JE Scabelo – cujo nome fantasia é Papelaria União – vendeu à igreja R$ 941 mil em materiais que nunca foram entregues.

As notas eram emitidas a pedido de Antônio Ângelo Pereira dos Santos, vice-presidente afastado da igreja. O argumento era de ajudar aos “irmãos” no exterior e custear viagens a outros países.

Conforme o depoimento de Elionay Lopes Scabelo, filho do dono da papelaria, José Eloy Scabelo, o valor das notas que foram emitidas era determinado pelo próprio Antônio Ângelo. Além disso, era ao vice-presidente que o dinheiro era entregue, deduzido o valor referente aos impostos.

Presbitério funciona normalmente

Enquanto a Receita Federal analisa os documentos e computadores apreendidos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na operação “Entre Irmãos”, os membros da Igreja Cristã Maranata (ICM) preferiram não se manifestar na manhã desta quarta-feira (28).

O presbitério da Maranata, no Centro de Vila Velha, estava funcionando normalmente nesta quarta, com recepcionistas atendentes e seguranças, porém, não estavam autorizados a passar nenhuma informação sobre a investigação.

Uma senhora, que preferiu não se identificar, foi vista saindo da Igreja com um envelope guardado dentro de seu vestido, fornecido por um funcionário do presbitério. Abordada, ela disse que não frequentava a Igreja, mas que tinha contato com alguns membros da cúpula.

Também foi visto no local um funcionário da ICM, que quis manter sua identidade em sigilo. “Estava viajando até ontem, não tenho envolvimento com essa operação e, inclusive, estou me interando sobre o assunto só ágora, acompanhando pelos jornais”, disse o funcionário.

A reportagem esteve presente nos Manains da Igreja esta manhã e, segundo o vigilante do templo de Campo Grande (Cariacica), o local é usado apenas para eventos especiais. Já em Carapina (Serra), não havia ninguém, e, em Itaparica (Vila Velha), um vigia informou que o horário dos cultos da ICM são às 6h e 19h30, de segunda à domingo.

Sobre o desvio

Ao todo, o desvio de dinheiro pode ultrapassar R$ 21 milhões, advindos do desvio do dízimo dos fiéis. Há indícios de que os crimes envolvam estelionato, falsidade ideológica, formação de quadrilha, tráfico de influência e lavagem de dinheiro.

Por questões de segurança, o Ministério Público do Espírito Santo (MPES) ainda mantém em sigilo a identidade dos promotores atuantes na operação, além dos nomes da cúpula da Igreja Maranata envolvidos no esquema de corrupção.

URL curta: http://eshoje.jor.br/?p=61362

fonte: http://eshoje.jor.br/veja-notas-frias-que-teriam-sido-usadas-no-desvio-de-recursos-dos-dizimos-da-igreja-maranata.html

igreja maranata – Ambulância comprada por instituição da igreja maranata ficou dois anos parada

Ambulância comprada por instituição ficou dois anos parada

Fato aconteceu depois que a Fundação Manoel Passos Barros, que pertence à Maranata, retomou o veículo, que havia sido cedido para uma associação

Vilmara Fernandes
vfernandes@redegazeta.com.br

Foto: A Gazeta

A Gazeta

Ambulância da Fundação Manoel Passos Barros abandonada na rodovia Carlos Lindenberg, em Vila Velha

A ambulância comprada com verba pública pela Fundação Manoel Passos Barros, que pertence à Igreja Maranata, ficou mais de dois anos abandonada em um pátio. O fato aconteceu depois que a instituição retomou o veículo, que havia sido cedido para uma associação. Hoje, ninguém sabe onde foi parar a ambulância.

O relato é Fabrício Lima, presidente da Associação de Socorristas Voluntários do Estado do Espírito Santo (Asves), mais conhecida como Rodovida. Ele explica que a ambulância foi uma doação do então deputado estadual Geovani Silva. Ao todo, a fundação recebeu quase R$ 2 milhões de emendas parlamentares entre os anos de 2005 e 2011.

Como a Rodovida não possuía registro estadual, a doação foi acertada com a fundação, que ficou encarregada de comprar e repassar a ambulância para a Rodovida. “Foi feito um contrato de parceria, em que também prestávamos serviços de remoção para a fundação”, conta Lima.

Suspensão

Foi o que aconteceu em 2008 e 2009. No início de 2010, a equipe da Rodovida foi chamada pela diretoria da fundação. “Pediram-nos para assinar documentos, dizendo que nunca havíamos prestado serviços para a fundação”, relata. Como eles não aceitaram, a parceria foi suspensa; e a ambulância, retomada. “Desde então, foi abandonada no pátio da fundação”, explica o presidente da Rodovida.

O veículo lá ficou até fevereiro deste ano, quando
A GAZETA denunciou o desvio de recursos provenientes do dízimo na Maranata. “No dia seguinte, sumiram com a ambulância. Depois a localizamos na Rodovia Carlos Lindenberg, em Vila Velha, de onde sumiu novamente”, diz Lima.

O veículo faz parte de um conjunto de irregularidades identificadas na fundação e que está sendo alvo de uma auditoria solicitada pelo Ministério Público de Contas. Também está sendo investigado a compra de medicamentos superfaturados e de equipamentos médicos que não estão sendo utilizados, além de despesas de empresas privadas pagas com verbas públicas.

A direção da Maranata, que responde pela fundação, informou que só vai falar sobre o assunto após a conclusão da auditoria.

Em cultos, pastores negam afastamento

Na última semana, em cultos por videoconferência, os pastores da Igreja Maranata têm informado a seus fiéis que nada mudou na cúpula da instituição. “Eles garantiram que continuam à frente da igreja e que não foram afastados”, relatou uma senhora que frequenta a igreja há 30 anos e pediu para não ser identificada.

Essa versão dos pastores, segundo ela, foi motivo de grande preocupação. “Temos acompanhado na imprensa a atuação do Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Federal. Será que todos estão mentindo?”, questiona.

O conselho presbiteral, responsável pela administração da Maranata, foi afastado na última segunda-feira por decisão da Justiça, que acatou um pedido do Gaeco. Ao todo, 26 pessoas, além de empresas, estão sendo investigadas por participação em um esquema de corrupção que desviou recursos provenientes do dízimo doado por fiéis. Todos estão proibidos de entrar nas áreas administrativas da igreja, incluindo o Presbitério de Vila Velha.

Está sendo aguardado que um gestor seja indicado pela Maranata. Caso isso não ocorra um interventor poderá ser indicado pelo Gaeco.

 

Fonte: A Gazeta

fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/11/noticias/cidades/1377799-ambulancia-ficou-2-anos-parada.html

igreja maranata – nas sedes da igreja maranata da grande Vitória são colhidas mais provas com a operação entre irmãos

Policiais cumprem mandados de busca e apreensão em sedes administrativas da Maratana na Grande Vitória

 
Rádio CBN Vitória (93,5 FM)

 

O Ministério Público Estadual deflagrou no início da manhã desta segunda-feira (26/11), a Operação “Entre Irmãos”, com o objetivo de desarticular e colher provas relativas à suposta atuação de uma organização criminosa que opera no âmbito da Igreja Cristã Maranata, desviando recursos de doações de dízimos em proveito particular e de terceiros, valendo-se de falsificações, ocultação e dissimulação de bens e valores.  A operação consiste no cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão, além da efetivação de ordens judiciais de afastamento e impedimento de acesso de toda a direção das áreas administrativas da igreja.  Também por ordem judicial, foi determinada a quebra dos sigilos fiscal e bancário dos envolvidos e o sequestro de bens, ativos e valores supostamente desviados.
Desde 6h da manhã, a movimentação é intensa no presbitério da Igreja Cristã Maranata, no Centro de Vila Velha. A Polícia Federal e a Rotam estão na sede administrativa da igreja. As investigações do Ministério Público do Espírito Santo tiveram início em fevereiro de 2012. Na época foram colhidas provas e indícios do envolvimento de membros da cúpula da Igreja na saída irregular de caixa e recursos da Maranata.

 

Ouça as informações de Ana Paula Mill

Ouça as informações de Tiago Félix

 

Ao todo, quatro membros do Ministério Público e 72 Policiais Militares auxiliam nos trabalhos e, a partir da agora, vão analisar conjuntamente documentos, computadores, dados e depoimentos de investigados e testemunhas que serão colhidos nos próximos meses. De acordo com o Ministério Público, os crimes investigados estão previstos nos artigos 171, 288, 299, 332 todos do Código Penal e nos artigos 2º da Lei n. 9.613/1998.

 

Ouça as informações de Vilmara Fernandes

 
fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/11/cbn_vitoria/reportagens/1376728-policiais-cumprem-nesta-manha-mandados-de-busca-e-apreensao-em-sedes-administrativas-da-maratana-na-grande-vitoria.html

igreja cristã maranata – o avô que não é da obra não tem direito a cadeira de rodas da obra… atitudes "cristãs" de pastores da "obra"

cadeira de rodas só para quem é da obra icm

cadeira de rodas só para quem é da obra icm

Boa noite meus irmãos,
irei narrar dois fatos que aconteceram comigo.

Visito este blog a um certo tempo, e com base em tudo que leio aqui, e fico “fitando” o que acontece dentro das organizações Maranata.

Meu avô não é da maranata e sofre de Mal de Alzheimer, Doença de Alzheimer ou simplesmente Alzheimer, é uma doença degenerativa atualmente incurável mas que possui tratamento.

Entao ele estava precisando de uma cadeira de rodas. Minha mãe, por ser da maranata igual a eu, foi pedir para um irmao diacono de nossa igreja.
Esse irmão “emprestou” a cadeira de rodas, com 1 dos pneus rasgado, minha mãe acertou e levou para meu avô, isso faz uns 6 meses atrás.
Quando foi semana passada, o irmao veio pedir a cadeira de volta, pois essa cadeira pertencia a outra igreja do meu bairro, no caso a igreja II. Mass ele queria de volta simplesmente porque não era da nossa, e sim da II.
Pensei comigo: Cade a igreja para ajudar os necessitados?

Então, fui ate esse irmao e comentei com ele a necessidade do meu avo.
E ele me disse:
– seu avo nem é da obra, entao temos que pegar a cadeira devolta.

Amados, não aguentei, eu disse a ele,

– o meu dizimo e o dizimo da minha mãe daria para comprar, 4 cadeiras dessas, e quando eu peço para vc deixar uma cadeira velha para meu avô vc me diz isso? Apartir de hj nao darei mais dizimos, eu disse a ele; e ele falou:

– vc vai cair.

rs pode uma coisa dessa?

ai ai
.
.
Bem vindo, amado.

Breve olhar a respeito da “igreja de Deus…corpo de Cristo” deixei em

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/04/lavando-os-pes/

Esteja à vontade.

Na “obra” dos meia-solas orgulhosos… pode.

Na obra dos levitas e sacerdotes do presbitério… pode. O sistema é avarento, desumano, ingrato, preconceituoso e sectarista); e se alguém confrontar preconceitos ou questionar – a maldição vem. Na hora!

No entanto, um bom samaritano apareceu na graça e na misericórdia, e, deixando de lado farisaismo, placas de religião e muitos preconceitos religiosos e sociais, assumiu a causa do necessitado.

Quando aparece um bom samaritano, nenhuma maldição o alcança. A graça afasta a maldição, quebra o jugo imposto pela obra e a história tem um final feliz.

Sempre!

Sê forte.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/11/discriminacao-narcisismo-e-orgulho-religioso/comment-page-1/#comment-23666

Comentário:

O comentário do irmão com a cadeira de rodas “negada” ao avô porque não é da obra me lembra do caso do Hospital Metropolitano em Vitória…

Já repararam que o Hospital Evangélico em Vila Velha está lotado de saias de jeans? (Desculpem em falar assim)

Eu falo assim porque sei que muitos da maranata procuram nesse hospital, que se pode considerar um dos melhores, tratamento e consultas.

Ótimo, sem problema – é um hospital CRISTÃO para ajudar pessoas carentes. Mas a própria icm jamais contribuiu com um centavo para esse hospital!

Pelo contrário, o Hospital Evangélico foi fundado com ajuda do dízimo de uma igreja na qual os primeiros maranatas até roubaram os bancos para os primeiros templos da icm.

O dízimo dos maranatas foi usado para comprar mais de 50% do hospital Metropolitano em Vitória com ajuda do deputado manato, que foi eleito para deputado com os votos dos maranatas e na época era presidente do hospital Metropolitano.

Bom – seria então óbvio que os maranatas pudessem procurar pelo menos por tratamento e consultas no hospital Metropolitano que foi comprado com o dízimo deles ou não? Outra sacanagem… só aceitam os melhores planos de saúde.

Só pra entender porque não “sobra” dízimo nas unidades locais da “obra”…

Ele é muito bem aplicado a favor dos donos da icm!

Só pensando nisso é rídiculo…

Os maranatas procuram ajuda no Hospital Evangélico da “mescla”…

Nos maanains ficam rindo com piadas sobre a mescla!

Mas na hora que necessitam ajuda, de tratamento a “mescla” serve.

Enquanto isso o a”obra maravilhosa” usa até nesta area o dízimo para os gueiros serem proprietários de um hospital particular.

Chega a ser doente conhecendo hoje os fatos…

PAZ

igreja maranata – a ocasião deveria fazer o ladrão!?

“A OCASIÃO DEVERIA FAZER O LADRÃO!?”

igreja maranata - a ocasião deveria fazer o ladrão!?

igreja maranata – a ocasião deveria fazer o ladrão!?

.

O comentário a respeito da Enquete nº 6 começa com essa imagem que encontrei na rede, e achei interessantíssima.

.

Veio logo a minha mente uma viagem, tentando me transportar até aquele lugar, onde está aquele grande cofre, supondo o mesmo entupido de cédulas de reais, euros, dólares e outros dinheiros de outros lugares do mundo, cuja trajetória é uma série de pensamentos hipotéticos, os quais compartilho com os irmãos, pois julgo interessantes.

.

A partir de então, falaremos em situações de ficção, as quais foram proporcionadas com ilações relacionadas a alguns fatos que conhecemos a respeito do escândalo da icm e hipóteses concernentes a possíveis comportamentos dos homens, que por vezes podem “meter os pés pelas mãos”!

.

Vamos viajar comigo:

.

Minha presença ali seria interessante se, e somente se, o conteúdo imaginado estar no cofre, fosse de minha posse e titularidade, do contrário, em pertencer a outro, não passaria de um objeto alienígena àquele cenário. O que realmente a imagem gera, em princípio, para quem é honesto, correto, e sabe que o que usufrui de conforto é proveniente de trabalho, muito trabalho, esforço, estudo, batalha, guerra. A cada dia se “mata um leão”, como se costuma dizer.

.

Mas o exercício mental continua, enquanto imaginamos aquele mesmo cofre, naquele lugar, com total ausência de vigilância, repleto de dinheiros de todas as espécies, com o segredo de abertura no conhecimento de pessoas inescrupulosas, que não primam em viver do suor do rosto, mas que se aproveitam de facilidades para usufruírem de benesses, pouco importando que a alimentação do cofre é decorrente de sacrifício, privação, passagem por necessidades de alguns. Afinal, aqueles estão debaixo da planta dos “pes”!

.

Na posse desses valores astronômicos, os lobos da avareza ensaiam uma pequena sangria inicial, meio tímidos, parecendo com aquele guri, que faz uma travessura, e olha para todos os lados, querendo perceber se está sendo observado, ou algum adulto gritasse de longe: “oh, moleque, tira a mão daí. Isso não é teu! Isso não te pertence!”.

.

Se isso ocorresse, fatalmente as próximas investidas iriam ser mais difíceis. Aquele moleque travesso pensaria duas vezes em tentar fazer de novo outra estripulia. De igual forma, os amantes dos bens dessa vida, servos de Mamom, também ficariam temerosos a possíveis repúdios e condenações populares, visto que já na primeira tentativa, que por sinal, restou como exitosa, alguém percebeu e acusou o delito.

.

Mas, ao contrário disso, a investida inicial foi pacífica, girou-se o segredo, abriu-se o cofre, pegou-se o que podia e era suportado nas roupas, e houve a saída. Ninguém viu, ninguém entendeu, ninguém percebeu ser errado, enfim, todos ao redor estavam concentrados em outras coisas, aliás tendo sido direcionados a pensar naquilo mesmo que os próprios possuidores do segredo do cofre teriam anunciado como importante.

.

Diante do sucesso da primeira vez, muitas outras vezes aconteceram, seja pessoalmente, ou por amigos, ou parentes, relacionados com ao ciclo de confiança daquele que era e é possuidor do segredo que daria acesso ao conteúdo daquele cofre. Ademais, seria praticamente impossível passar despercebido o efeito daquela riqueza, totalmente incompatível com o poder aquisitivo do indivíduo. Isso fez com que se abrisse a “teia” para um número maior de pessoas que pudessem ter acesso ao cofre, e portanto conheciam a forma do enriquecimento. Além disso, dessa forma, poder-se-ia garantir um pacto de confiança entre os envolvidos naquele segredo, a ponto de um esconder o que o outro faz, sob risco da própria pele estar em jogo.

.

Por fim todos já encontravam viciados naquela prática, que ninguém fora do esquema questionava, nem vinha de encontro, nem acusava, e se algum pudesse insurgir, simplesmente este seria abarcado facilmente para o grupo, quando lhe seria oferecida uma parte no bolo, porque os ingredientes para a confecção do mesmo sempre foram garantidos e não se esgotavam. Mais um ou menos um para comer o bolo não faria muita diferença, dada a vultosidade do montante acumulado.

.

O que viciava também era o usufruto das consequências que aquela fonte de recursos poderia trazer, tais como abertura de empresas, compras de imóveis, no Brasil e no exterior, realização de cirurgias plásticas, aquisições de carros importados, usos de grifes chiques e caras, passeios ao redor do mundo, etc.

.

Mas, aí nós voltamos ao início de tudo, lembrando da imagem do cofre ao céu aberto, sem vigilância alguma, e se realmente estivesse cheio de dinheiros, nacional e estrangeiros, e perguntamos: o cofre pode ser de quem comprou, restando a umas poucas pessoas o seu controle, mas o seu conteúdo pertence à coletividade, seria justo que algumas poucas pessoas também administrassem tais recursos, utilizando-se dos mesmos para benefício próprio?

.

Alguém, em sã consciência, tomando conhecimento uma vez que o valor ali depositado, por confiança na “mão” do dono do cofre, estaria sendo desviado para outra finalidade, continuaria guardando ali as suas economias?

.

Se uma vez descoberto que o dono do cofre estaria usando para si e para outros, facilitando acesso aos valores depositados no cofre, que são oriundos de outros que teriam confiado na sua honestidade, para parentes, para amigos, para compadres, ou para quem ele quisesse, e ao ser perguntado diretamente a ele, seria coerente ele negar o que estava fazendo ou confessar o erro?

.

Se confessasse, talvez poderia até receber nova chance de muitos, que poderiam pensar que teria errado, dentro daquela modalidade, “a ocasião faz o ladrão”, mas que teria se arrependido, prometendo agora que não iria repetir tal ato, inclusive abrindo a chance de outro ou outros para administrarem os valores do cofre, da ignomínia que estaria passando, diante das pessoas que confiaram em sua honestidade, e foram traídas dolosamente.

.

Ou então, diria que não colocou a mão naqueles valores hora nenhuma, nem favoreceu ninguém para fazê-lo. Nesse ponto, a situação fica mais difícil, visto que depois, fatalmente alguém poderá tomar conhecimento das evidências de que alguém estaria realmente fazendo o que o dono do cofre estaria negando ser a prática.

.

Para essa última alternativa, a conclusão de qualquer pessoa séria, preocupada, correta, honesta, e que não gosta de ser enganada, é que a pessoa em quem se confiava piamente, a ponto de entregar valores para que pudessem ser custodiados por ele, é uma mentirosa e desonesta, pois não agiu com fidelidade nem antes das suspeitas, nem depois que alguém levantou a possibilidade de existirem irregularidades relacionadas àquela função confiada a ele em executar.

.

Os desdobramentos, tanto em uma quanto a outra, das alternativas hipotéticas apresentadas acima, seriam de se ter uma total insegurança, com o efeito imediato da desconfiança que, a partir dali, resultaria na ação, por muitos, de não deixarem mais os seus dinheiros ali, e sim procurarem um outro lugar e um outro administrador mais confiável, ou simplesmente honesto.

.

Ah, que bom que nada do que imaginamos está acontecendo na icm, isso tudo é mentira!

.

Ou como diz o “filósofo” Caetano Velozo, com aquele sotaque baiano: “Ou não!”.

.

Sei lá, só o tempo vai dizer…

.

A Paz do Senhor!

.

Alandati

.

O resultado da pesquisa foi:

.

94 %, aproximadamente, entende que “O que fizeram foi algo ilegal, antiético, imoral, pois além de abrirem as empresas particulares com o dinheiro dos “dízimos”, ainda executam serviços exclusivos e superfaturados.”, e

.

6 %, aproximadamente, entende que “Eu concordo que os pastores, familiares e amigos sejam até titulares de empresas, mas não que tenham integralizado as mesmas com o “dízimo” dos irmãos.”.

.

Graças a Deus ninguém corroborou as outras assertivas que versavam sobre, de um jeito ou de outro, avalizarem uma possível atitude de beneficiamento próprio e dos “chegados”, relacionados a um nepotismo claro, por parte dos administradores do pes, e consequentemente da icm.

.

O acesso à enquete é o link abaixo:

.

http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/10/18/enquete-no-6/

fonte: https://diganaoaseita.wordpress.com/2012/11/19/a-ocasiao-deveria-fazer-o-ladrao/

igreja cristã maranata – Ao invés de perderem tempo para falarem mal dos outros , deveria estar evangelizando para ganhar vidas.

Ao invés de perderem tempo para falarem mal dos outros , deveria estar evangelizando para ganhar vidas. Tenho certeza que essa postura não agrada ao Senhor, vcs se comportam como aqueles homens que queriam apedrejar a mulher adúltera e Jesus replicou dizendo “Quem não tiver pecado atire a primeira pedra”.
Então se vocês se acham santos demais continuem atirando pedras, na certeza de que JESUS não esta com vocês, por que esta postura é anti-bíblica.

”Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão, ou julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz.” Tg 4.11

”Seis cousas o Senhor aborrece… testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre os irmãos.” (Pv 6.16,19)

De boas palavras transborda o meu coração… nos teus lábios se extravasou a graça; por isso Deus te abençoou para sempre.” (Sl 45.1,2)
.
.
É mesmo?!

Emanuele,

Bem vinda.

Esteja à vontade para comentar, copiar e especialmente endereçar e-mail’s com links dos artigos ao amado pastor da unidade local da ICM-PES onde V. está, pedindo que ele conteste os artigos.

Enquanto isso, faça um favor à sua alma preciosa e digiteOSSORREVELÔ no GOOGLE, acesse os links respectivos… e depois me fala.

Não comentarei sua postagem e nada mais vou lhe dizer… outros responderão.

Viu? O som do TAMBOR chegou aos seus ouvidos.
.
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/12/eu-e-o-meu-tambor/
.
Você não mais poderá dizer: NINGUÉM ME AVISOU.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/operacao-abafa-desvio-de-recursos/#comment-22790

comentário Pastor Gil:

Emanuele, o teu presidente amaldiçoa e lança praga nos retirantes. E tu ficas caladinha… achando que o monarca religioso tá na revelação, né???

Porque tu não pedes a comissão da seita herética para explicarem o que fizeram com o dinheiro dos dizimos?

Porque não pedes ao teu pastor para explicar toda essa tragédia que envolve esta seita?

Porque não pedes para o dono da seita em que tu estas explicar que ele é alvo das investigações do MPES??? Porque??

Tu sabes ler…. então…

a investigação chega a líderes da Maranata
http://www.youtube.com/watch?v=U4egV1Z5lrg&feature=related

o clamor é público mas nada é transparente
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/

o Ministério Público faz o seu trabalho
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/

ACORDA!!!!

um abraço fraternal

igreja maranata – todos venham pagar muito caro pelo que fazem contra a obra… não a obra MARANATA -instituiçao- MAS SIM CONTRA A OBRA DO ESPIRITO SANTO

Quero aqui saudar os irmão com a paz do senhor jesus!

Ao ler as coisas acima, me vem uma tristesa muito grande no meu coração, não pela forma a qual foi dito as coisas etc…
Porque tenho meus 25 anos de idade, e 23 que estou nessa igreja, da falha e mãos do homem naquilo que é espiritual sempre desconfiei, mas não posso negar que foi ali que aprendi ser oque sou hoje, uma pessoa de carater de uma vida ilibada graças a Deus.
So peço a Deus que o prumo venha ser posto na vida daqueles que estão afrente dos templos e do proprio presbiterio e que todos venham pagar muito caro pelo que fazem contra a obra… não a obra MARANATA (instituiçao) MAS SIM CONTRA A OBRA DO ESPIRITO SANTO, e se possivel for que paguem com suas vidas, porque o salario do pecado é a morte se for morte espiritual ja estão morto a muito tempo se fisica assim ainda eu espero.
Enquanto a minha posição a respeito dos acontecimentos AINDA ASSIM PERMANECEREI NA IGREJA CRISTÃ MARANATA ate que um dia deixe de existir, e os errados vão ter que me engolir por logos tempos que a igreja permanecer.

abraço a todos…
Que Deus continue abençoando os amados irmãos com a santa paz do senhor!
.
.
Amado, certos desejos fica misturados quando o CONFRONTO começa no coração de quem começou a despertar para a realidade. Isto porque a convicção errada gera opinião errada.

Começar a ver é algo interessante, como foi o caso do cego de Betsaida que, havendo recebido a palavra de cura (com imposição das mãos em seus olhos), esta se desenvolveu GRADUALMENTE.

Deixo o relato sagrado (Mc. 8.22-26 – ênfase nossa):

22 ¶ Então, chegaram a Betsaida; e lhe trouxeram um cego, rogando-lhe que o tocasse.
23 Jesus, tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia e, aplicando-lhe saliva aos olhos e impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe: Vês alguma coisa?
24 Este, recobrando a vista, respondeu: Vejo os homens, porque como árvores os vejo, andando.
25 Então, novamente lhe pôs as mãos nos olhos, e ele,passando a ver claramente, ficou restabelecido; e tudo distinguia de modo perfeito.
26 E mandou-o Jesus embora para casa, recomendando-lhe: Não entres na aldeia.

Entendeu? Neste caso a enfermidade não foi curada instantaneamente, mas o poder divino foi gradualmente aniquilando o mal.

Então, digo-lhe a verdade: muitos amados icemitas acessam o Blog, ficam confrontados com o teor dos artigos que narram FATOS e HERESIAS. Alguns não ligam e o que leram se perde; outros entendem os argumentos mas o coração está cheio de pedras e resistem; outros recebem com alegria mas o apego ao interesse inconfessável, orgulho e posição social impedem que os argumentos cresçam e assim ficam infrutíferos.

Mas existem aqueles que recebem a palavra com firmeza de caráter, rompem com o sistema – custe o que custar – e começam, a produzir BONS FRUTOS na qualidade e quantidade do que semeia.

Não duvide: o machado foi lançado à raiz das arvores.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/11/discriminacao-narcisismo-e-orgulho-religioso/#comment-22634