maranata – Superior Tribunal da Justiça nega o acesso ao andamento do processo contra igreja cristã maranata a antonio angelo

STF – MEDIDA CAUTELAR NA RECLAMAÇÃO: Rcl 14470 ES

Compartilhe

Ementa para CitaçãoAndamento do Processo

Dados Gerais

Processo:

Rcl 14470 ES

Relator(a):

Min. RICARDO LEWANDOWSKI

Julgamento:

06/09/2012

Publicação:

DJe-180 DIVULG 12/09/2012 PUBLIC 13/09/2012

Parte(s):

ANTONIO ANGELO PEREIRA DOS SANTOS
ALEXANDRO OLIVEIRA GOMES E OUTRO(A/S)
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

Decisão

Trata-se de reclamação, com pedido de medida liminar, ajuizada por ANTONIO ANGELO PEREIRA DOS SANTOS, contra acórdão do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, que, ao denegar a ordem no HC 00011893-13.2012.8.08.0000, teria ofendido o enunciado da Súmula Vinculante 14. O reclamante narra, inicialmente, que soube pela imprensa que está sendo alvo de investigação no âmbito da Promotoria de Justiça daquele estado, a qual teria se inciado a partir de denúncias anônimas e documentos apócrifos, visando apurar suposto desvio de recursos da Igreja Cristã Maranata -ICM. Relata, em seguida, que os seus advogados postularam ao Ministério Público capixaba vista dos autos, com a extração de cópias, mas o pedido foi negado pela autoridade responsável pelo procedimento. Buscando ter acesso aos referidos documentos, a defesa manejou habeas corpus no Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, que, contudo, denegou a ordem, em acórdão assim do: “HABEAS CORPUS – NEGATIVA DE ACESSO AOS AUTOS DE PROCEDIMENTO INVESTIGATIVO – VIOLAÇÃO A SÚMULA VINCULANTE Nº 14 DO STF – CERCEAMENTO DE DEFESA – NÃO CONFIGURADO – COMPLEXIDADE DOS FATOS APURADOS – AUSÊNCIA DE INDIVIDUALIZAÇÃO DA CONDUTA DO PACIENTE- NECESSIDADE DE RESGUARDO DAS INVESTIGAÇÕES – ORDEM DENEGADA. 1. Não há que se falar em cerceamento de defesa decorrente da negativa de acesso ao procedimento investigativo, posto que não se verifica a existência de investigação direta em relação ao paciente, mas apenas diligências no sentido de apurar quem são os eventuais envolvidos com os ilícitos patrimoniais e tributários supostamente praticados, motivo pelo qual deve ser preservado o sigilo das investigações, com o intuito de conferir maior resultado na apuração de possíveis práticas delitivas”. É contra essa decisão que se insurge o reclamante. Assevera, de início, que o entendimento adotado pelo acórdão impugnado não deve prosperar, uma vez que existem vários elementos de provas indicando que ele é um dos investigados diretos no PIC 005/2012, em curso no MP/ES. Aduz, para tanto, que, pelos referidos documentos, “vemos a figura do Reclamante como ponto central de um organograma elaborado no parecer preliminar, ou seja, há indicação individualizada sobre o autor, anterior a produção desta ferramenta (parecer)” (fls. 8-9 -grifos no original). Assim, entende que a negativa aos seus patronos de ter vista e cópia dos autos do procedimento investigatório que tramita no Ministério Público do Estado do Espírito Santo, bem como a denegação da ordem pelo TJ/ES, ofende a Súmula Vinculante 14 desta Corte, sendo, portanto, cabível a reclamação, nos termos do art. 103-A§ 3º, da Constituição Federal. Requer, ao final, seja deferida a medida liminar, determinando ao Promotor Presidente do PIC 005/2012 que dê vista e permita a retirada de cópias de todos os atos encadernados e decorrentes de diligências já concluídas, no prazo de 24 horas. No mérito, pede a confirmação da liminar pleiteada, bem como seja oficiado ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, ao Presidente da Ordem dos Advogados do Estado do Espírito Santo e ao Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo. É o relatório suficiente. Decido. Bem examinados os autos, tenho que o caso é de indeferimento da liminar. Embora o reclamante alegue que está sendo investigado diretamente em procedimento instaurado no âmbito do Ministério Público do Estado do Espírito Santo, não há, nos autos, pelo menos neste exame preliminar, nenhuma comprovação dessa afirmativa, o que recomenda sejam solicitadas informações àquele órgão ministerial. No acórdão ora questionado, aliás, foi consignado que “(…) fora instaurado Procedimento Investigativo Criminal pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo, ‘com o objetivo de investigar e identificar membros da Igreja Cristã Maranata supostamente integrantes de uma organização criminosa especializada e responsável por crimes de estelionato e outras fraudes, bem como crimes contra fé pública, ordem tributária e lavagem de dinheiro, ludibriando fiéis com o desvio de numerários oferecidos para determinadas finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e determinadas finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e de terceiros, pessoas físicas e jurídicas (compostas por interpostas pessoas) vinculadas à quadrilha’ (fls. 43). (…) Entretanto, tenho que as informações apresentadas pela autoridade apontada como coatora, às fls. 82/97, são satisfatórias em defender a necessidade de preservação do sigilo do procedimento investigativo, dado a gravidade, complexidade dos fatos em apuração e, principalmente, diante da ausência de individualização das condutas. (…) Assim, o sigilo das investigações encontra-se devidamente fundamentado na necessidade de resguardo aos trabalhos, buscando, com a parcial restrição da publicidade, conferir sólido resultado na apuração das supostas práticas criminosas, posto que estão sendo averiguados fatos extremamente complexos ligados à Igreja Cristã Maranata e que envolvem um grande número de possíveis responsáveis, testemunhas e terceiros. Ademais, cumpre ressaltar que, ao contrário do que alega o ilustre causídico impetrante, ainda não há a individualização da conduta do paciente, que não está sendo acusado por eventuais práticas delituosas, razão pela qual não há que se falar em cerceamento do direito à ampla defesa. (…) Desta forma, uma vez que não há até o presente momento qualquer investigação direta em relação ao paciente, mas apenas diligências no sentido de apurar quem são os eventuais envolvidos com os ilícitos patrimoniais e tributários supostamente praticados, entendo em preservar o sigilo das investigações, com o intuito de conferir maior resultado na apuração da possível prática delitiva” (fls. 271-274 -grifos meus). Pela narrativa exposta, não vislumbro, nessa fase processual, o fumus boni iuris necessário para a concessão da medida liminar requerida. Diante de tal quadro, e sem prejuízo de uma apreciação mais aprofundada por ocasião do julgamento de mérito, indefiro a medida liminar. Solicitem-se informações ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo, para que preste esclarecimentos pormenorizados sobre o Procedimento Investigativo Criminal 005/2012. Publique-se. Brasília, 6 de setembro de 2012.Ministro RICARDO LEWANDOWSKI- Relator –

igreja maranata – BOCA NA TROMBETA – tudo sobre a obra maranata

 

BOCA NA TROMBETA

 

escandalos na igreja maranata

escandalos na igreja maranata

Este artigo está sendo criado para receber todo tipo de denúncia que se tome conhecimento, a respeito da obra gedeltiana.

Casos de delitos (em tese), discriminações, arrogâncias, desmandos, politicagens, adultérios, apadrinhamentos, mensagens tendenciosas e ofensivas, falsas doutrinas, orientações estapafúrdias, enfim, fazendo uma paródia com o popular BOCA NO TROMBONE, aqui é o espaço para colocar a BOCA NA TROMBETA!

Só solicito que seja mantido o nível de educação e de urbanidade, pois não há como entrarmos em uma vereda que seja guiada por ofensas desmedidas. Essas serão recusadas!

Inicio com um post do Pr. Eduardo Gil Vasconcellos, que coloca em xeque o súbito enriquecimento de pessoas da cúpula do pes, levando em conta as suas atividades profissionais, conhecidas por todos!

Esta abaixo o pontapé inicial do artigo:

“Fico a pensar: aqueles da cúpula da seita hoje estão ricos, morando em condomínios e coberturas. Como pode?!

Anos atrás não estavam assim… Agora é o responsável pelo seguro… é o que vendia noni… é médico, é secretario… como pode?

É a companheirada do Comendador… Bem, quanto ao Comendador, nem se fala, ele e a família estão muito ricos! Como não desconfiar?! Só vi isso em algumas notícias na mídia…

Olha, tanta gente nesta seita passando necessidades e ainda dão dízimos para estes gulosos enriquecerem. É… não tem como não desconfiar… aqueles que estão ali junto com o Comendador estão todos bem!

Que seita!!! Lucra com o sacrifício dos membros…

Saia logo!!! Digo por mim, fui trouxa quase 30 anos, mas um dia deixei de ser trouxa!

Um abraço fraternal, Pr. Eduardo Gil Vasconcellos”

Publicado em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/desertores-quem-sao-e-onde-estao/comment-page-4/#comment-15632

Faça a sua denúncia em forma de comentário.

A Paz do Senhor a todos!

 fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/boca-na-trombeta

igreja maranata – a obra frankenstein da maranata

 

A OBRA FRANKENSTEIN!

 

igreja maranata - a obra frankenstein da maranata

igreja maranata – a obra frankenstein da maranata

Coincidências?

Fatos:
1. As práticas usadas pelo “presbitério” espirito-santense comandado por gedelti gueiros são armadilhas psicológicas já usadas no holocausto dirigido por adolf hitler, josef goebbels e mengele – o dr. frankenstein.

Práticas como: superioridade da raça obrariana e propaganda repentindo sempre a mesma mentira até o povo “engolir” como única verdadde – obra, obra, obra!

2. jim jones foi “professor” destas práticas para várias seitas na américa do sul.

3. jim jones viveu entre 1962 e 1965 no Brasil – viajando por diversas regiões entre MG, RJ, BA e ES, visitando igrejas e seitas locais.

4. A paz na Igreja Presbiteriana de Vila Velha terminou em 28 de Novembro de 1965, quando Jedaias gueiros, irmão do fundador gedelti gueiros e atual presidente, NÃO foi eleito pastor da Igreja Presbiteriana.

5. Jedaias gueiros foi preso em 1967, contrabandeando bebidas e eletrônicos na cidade de Medianeira, com um carro com placas frias, do estado do Espírito Santo.

6. Antes deste caso, Jedaias já era acusado e afastado do cargo de juiz por causa de tráfico internacional de bebês!

7. Jim jones comprou bebês do exterior para a seita dele – “igreja cristã templo das pessoas”.

8. No dia 18 de novembro de 1978, morreram 912 seres humanos na seita de jim jones em jonestown – entre eles 276 crianças.

9. No cemitério “Evergreen Cemetery” em Oakland, CA estão enterradas 260 crianças da tragédia de 18 de Novembro de 1978 em Jonestown. Crianças que não puderam ser identificadas.

10. Contando os anos de tráfico de bebês de jedaiais gueiros, estes bebês até à data de falecimento em 1978 teriam entre 11 e 12 anos – crianças sem possível identificação vindo do Brasil?

Pode ser tudo coincidência. Alguns são fatos e somente os fatos já bastam para correr desta seita de gedelti gueiros.

E ainda tem gente defendendo esta seita como igreja…

Vergonha!

PAZ

Publicada pelo irmão A. Marques em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/comment-page-2/#comment-15598 e também em http://icmigrejacristamaranata.wordpress.com/2012/08/03/maranata-as-praticas-usadas-pelo-presbiterio-espirito-santense-comandado-por-gedelti-gueiros-sao-armadilhas-psicologicas-ja-usadas-no-holocausto-dirigido-por-adolf-hitler-josef-go/

 fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/28/a-obra-frankenstein/

igreja cristã maranata – última gravação de gedelti amaldiçoando os retirantes

irmãos ainda presos na maranata, este homem que vocês seguem não tem temor a Deus!!

Ele vai levar todos para o fundo do poço!! Até contra seu próprio sangue ele te chama!! Contra pai, mãe, filho, filha!!

VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

igreja maranata – Que roubalheira – Acho que estamos chegando nos momentos finais, o terremoto ja teve e agora o tsunami esta se formando, e vai derrubar o palácio da rainha desfigurada!

Que roubalheira!!!
no exterior, no Brasil… Dá nojo
Meteram as mãos nos dizimos. Sem dó. Depois vivem fazendo reunião para desviar a atenção do povo e colocar a culpa em quem denunciou…
“Vergonha”, essa gente!

Acho que estamos chegando nos momentos finais, o terremoto ja teve e agora o tsunami esta se formando, e vai derrubar o palácio da rainha desfigurada!

O clima na casa mal assombrada deve estar muito tenso, contratam advogados pois devem e quem muito deve toma calmante para dormir!

Retirantes não deixem de olhar para o SENHOR e sua Palavra. A justiça vem e vem muito forte contra a casa mal assombrada.um abraço fraternal.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/banquete-de-ladroes/#comment-17253

igreja cristã maranata – Ridículo é você em querer defender o sistema ICM-PES que alguns defendem por ignorância, mas outros por cumplicidade (devem estar ganhando muito bem para isso)

Indiferente post de 10/09

ACORDA!!!!

NÃO ADIANTA entrar aqui com pedras.
Entendeu? Ainda não? Então tá.
Ridículo é você em querer defender o sistema ICM-PES que alguns defendem por ignorância, mas outros por cumplicidade (devem estar ganhando muito bem para isso).

Claro que existem pessoas maravilhosas dentro da ICM, que realmente amam a Deus (eu me incluo); mas estão dominados. Que pena! Morrem de medo das pragas e maldições proferidas pelo chefe muito religioso e seus meia-solas. Infelizmente, muitos desta geração dominada pelo gedeltismo continuam como se nada do que acontece aos olhos de todois lhes dissesse respeito.

O CV é o atalaia de Deus, para anunciar a verdadeira face deste sistema e o Blog tem alcançado seu propósito com seus artigos e comentários.

O som do tambor tem chegado longe… muito longe… chegando no coração das pessoas. Os fatos e a verdade exposta aqui tem libertado vidas nos mais diversos lugares. Algo extraordinário que ninguém pode parar.

Quem passa por aqui… basta ler atentamente… basta dar ouvidos ao que o Espírito Santo está falando… e nunca mais será o mesmo. ACORDA!!!

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

Paz


.
Pois é. A formatação deixa o icemita dependente na crença do chefe cheio de meias-verdades, este ai que domina o rebanho, nunca presta contas e está envolvido com processos judiciais. Quem continua preso ao sistema (por cumplicidade, igonância ou interesse escuso) joga pedras em quem AVISA DOS PERIGOS da má escolha; mas nunca demonstra o poder e sabedoria de quem anda na “fé em Jesus” e nem tem coragem de denunciar os erros dos meias-solas e do monarca religioso.

Vai lendo, willianlipaus. O som do TAMBOR continua ai nos seus ouvidos.
.
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/12/eu-e-o-meu-tambor/
.
Você não mais poderá dizer: NINGUÉM ME AVISOU.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/03/opiniao-seminarios-da-obra/#comment-17209

igreja maranata – o rendimento mensal da ICM no Brasil até quatro meses atrás eram de R$ 142.000.000,00 ( Cento e quarenta e dois milhões), sendo que 70% deste valor seriam arrecadados no ES

CV, só mais uma coisa
Tive informação recente que o rendimento mensal da ICM no Brasil até quatro meses atrás eram de R$ 142.000.000,00 ( Cento e quarenta e dois milhões), sendo que 70% deste valor seriam arrecadados no ES ( hoje o valor deve estar bem abaixo disso, claro).Dá pra imaginar o que isto significa? Então a pergunta que não quer calar:Com as unidades locais sendo praticamente mantidas pelos próprios membros, com voluntários nos trabalhos de mutirões, seminários e em todos os tipos de eventos relacionados, o que fazem com tanto dinheiro que entra nos cofres? Não há um atendimento social adequado sendo isso fundamental para uma igreja com tamanha quantidade de membros, sendo sua maioria de população pobre.
Agora que o MP-ES está à frente das investigações, não ficaremos tranquilos enquanto as respostas não forem satisfatórias. Isso se chama JUSTIÇA.
Como deixar que uma coisa assim fique impune?
Paz

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/#comment-17084

igreja maranata – mais uma: Contratos da Sesa com fundação da Igreja Maranata na mira do Tribunal de Contas

Contratos da Sesa com fundação da Igreja Maranata na mira do Tribunal de Contas

Dóris Fernandes (redacao@eshoje.com.br)


Isso porque, segundo representação do Ministério Público Especial de Contas (MPEC), há indícios de irregularidades nos repasses.


capixaba politica  mara Contratos da Sesa com fundação da Igreja Maranata na mira do Tribunal de Contas

fraude nos contratos entre igreja maranata e sesa

Os contratos de 2004 a 2011 entre a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) e a fundação da Igreja Cristã Maranata vão ser auditados pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES). Isso porque, segundo representação do Ministério Público Especial de Contas (MPEC), há indícios de irregularidades nos repasses. O processo foi incluído em pauta na sessão desta quinta-feira (5).

Os repasses feitos à Fundação Manoel dos Passos Barros somam R$ 1,9 milhão. Há também valores na ordem de R$ 1,4 milhão, oriundos de emenda parlamentar, que também vão ser fiscalizados.

O conselheiro, João Luiz Cotta Lovatti, sugeriu que, além dos convênios com a Secretaria, todos os contratos referentes verba pública fossem incluídos na auditoria. O relator do processo, o conselheiro Domingos Augusto Taufner, acolheu a proposta e votou pela instauração de auditoria ordinária, em tramitação urgente na Corte.

Medida cautelar do Tribunal suspende contratações de processo seletivo em Jaguaré

O Tribunal aplicou medida cautelar à Prefeitura de Jaguaré, região Nordeste do Estado, para que não efetue novas contratações dos aprovados no Processo Seletivo Simplificado nº003/2012, por indícios de irregularidades. Entre elas estão a ausência de qualificação técnica na elaboração do concurso, a aprovação de parente de membro da Comissão do Processo, a violação da Lei de acesso à informação. O prefeito da cidade, Domingos Sávio Pinto Martins e a Comissão responsável pela elaboração do concurso foram citados em 30 dias, para que apresentem as defesas.

O edital prevê a contratação, por tempo determinado, para desempenhar as funções de médicos enfermeiros, dentista, nutricionista, psicólogo, farmacêuticos, fisioterapeuta, assistente social, auxiliar de consultório odontológico, auxiliar e técnico em enfermagem, fiscal sanitário, recepcionista e motorista.

URL curtahttp://eshoje.jor.br/?p=50986

QR Code acesse direto no Smartphone ou Compartihe via SMS

fonte: http://eshoje.jor.br/contratos-da-sesa-com-fundacao-da-igreja-maranata-na-mira-do-tribunal-de-contas.html

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/#comment-17104