maranata rio de janeiro – reunião com o único objetivo de instruir aqueles obreiros sobre como orientar os irmãos nas igrejas a votar nos candidatos “amigos da obra”.

eleições, politica e maranata no rio de janeiro, a luta pela prefeitura de São Gonçalo

eleições, politica e maranata no rio de janeiro, a luta pela prefeitura de São Gonçalo

Amandia,

Isso mostra como a icm se tornou uma igreja de conveniência política e de conspirações.

A principal missão de qualquer igreja deveria ser proclamar as boas novas de Salvação, através do ensino da Palavra de Deus.

Entretanto, lideranças icemitas firmaram alianças com políticos e se aproveitaram da capacidade de mobilizar e influenciar um grande numero de pessoas (ovelhas) a fim de cumprir uma agenda oculta e repleta de interesses pessoais.

No Rio de Janeiro, desde os anos 90 e após a morte do pr Telmo, se tornou comum ver políticos visitando o acampamento de Pedro do Rio e a propriedade do Magarça, em Campo Grande. Também se tornou comum ver pastores (alguns bem conhecidos em suas respectivas regiões) sendo empregados em cargos designados por esse políticos frequentes nas reuniões, seminários e cultos da icm, principalmente na época dos governadores A. Garotinho e Rosinha Garotinho.

Eu me lembro de uma reunião no próprio Magarça, ao ar livre e com a presença de centenas de obreiros, realizada com o único objetivo de instruir aqueles obreiros sobre como orientar os irmãos nas igrejas a votar nos candidatos “amigos da obra”.

Nessas reuniões ouvia-se que seria melhor votar no candidato amigo da obra do que no feiticeiro, e/ou dar um emprego a um pastor desempregado, ou a um irmão necessitado, do que a um ímpio.

Entretanto, vemos claramente hoje como esse esquema manipula as massas (ovelhas do Senhor) e beneficia apenas a alguns do clero superior/inferior e cia – Judas omitindo a verdade (em troca de vantagens) para beijar Judas!

Portanto, melhor votar no feiticeiro e dar emprego ao ímpio do que fazer parte dessa conspiração.

Acorda, Rio de Janeiro!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/07/a-conspiracao/comment-page-6/#comment-18439

maranata passo fundo RS – Mas durante a pregação o gedelti disse: o que me importa é os politicos que estão aqui. Nessa hora algumas pessoas começaram a levantar-se e ir embora. tinha uns 4 politicos.

JUnto com o gedeli, há alguns ano veio um onibus do pes para uma evangelização em Passo Fundo-RS. A membresia trabalhou trazendo pessoas para o evento.

Mas durante a pregação o gedelti disse: o que me importa é os politicos que estão aqui. Nessa hora algumas pessoas começaram a levantar-se e ir embora. tinha uns 4 politicos.

Imaginem a membresia que trabalhou e se esmerou, levou visitantes para ouvir isto.
Que decepção! Se gedelti não se arrepender de avareza, blasfêmias, dissimulações, meias verdades, maldições lançadas contrasos retirantes e heresias que introjeta na membresia haverá de prestas contas a Deus. Não é que ele não passa de um “caido da obra”? e não é ele quem disse que certo caido da obra morreu bichada?
Muitos me relataram a mesma coisa. é sinal que é verdade. Aliás esta prática se aliar com politicos esta espalhado em todo o Brasil pelos coordenadores meia-solas que ele gerou!
Sei que as portas do ionferno estão abertar para alguns desses que traem o evangelho e entram em rota de descida para o lugar de ranger de dentes…
“VERGONHA”.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/muita-coisa-esta-errada-dentro-desta-igreja/#comment-18556