igreja cristã maranata – Os irmãos que foram para este último seminário estão perplexos, os que ainda não tinham participado das tais vigílias – de tudo que já foi condenado pela ICM, agora dizem que é a nova fase da “Obra”.

Os irmãos que foram para este último seminário estão perplexos, os que ainda não tinham participado das tais vigílias: com palmas, choros exacerbados, fora do controle, de tudo que já foi condenado pela ICM, agora dizem que é a nova fase da “Obra”.

O povo enlouqueceu, querem tirar o foco das investigações do Ministério Público, estão tentando abafar de qualquer forma, mas como diz o Pr. Gil Vasconcelos, faltará algemas, creio que a hora ta chegando, e o desespero bate à porta… Dizem que as vigílias, são totalmente despropositadas, fora do contexto, pastores que são verdadeiros animadores lá na frente… e assim se vai… É lastimável.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/05/dominadores-do-rebanho-de-deus/#comment-15412

igreja cristã maranata – Na verdade, e hoje, em sã consciência, é de chorar.

Irmã Débora Ramos (comentário enviado em 17/07/2012 as 20:38)

Eu também estava neste seminário, esta seita mais parece um hospicío, porisso que muitos retirantes saem com os corações estraçalhados.

Que seita oprimida! E a gente escutava estas visagens e ainda ríamos. Na verdade, e hoje, em sã consciência, é de chorar. Não sei como consegui ficar tanto tempo neste meio. Graças a Deus que sai deste “Hospicío”.

Nunca mais Comendador! Só quero ver-te no xilindró, junto com sua cúpula e seus meia-solas. um abraço fraternal.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/03/opiniao-seminarios-da-obra/#comment-14862

maranata – Ao curioso deve ser explicado tudo de forma evasiva e superficial – “não podemos revelar o segredos dessa Obra”.

“OBSCURANTISMO” – Uma doutrina da ICM
2.1.5. O Obscurantismo é o método de governo que oculta fatos e argumentos que possam denunciar ou contradizer os atos, as decisões e as afirmações de certos grupos que se arvoram donos da verdade. É um recurso político e religioso que se opõe a difusão do conhecimento entre os subalternos do sistema.

É um estado de espírito oposto à razão e ao progresso intelectual e material; um desejo de não instrução ao povo; engenhosamente objetivando um estado de completa ignorância (desinformação) aos subordinados. Seja conhecimento a nível social, político, religioso e cultural, é o sistema que nega a instrução e o conhecimento às pessoas para preservar o estado de ignorância de modo a facilitar o poder de controle das Instituições.

2.1.5.1. O Secretismo Religioso é um dos artifícios amplamente recorridos na Maranata. O caráter secreto é um inerente atributo das reuniões e encontros do sistema religioso da Maranata cujo objetivo é tornar seu sistema fechado, isolado, a fim de não expor as intimidades dos conteúdos teológicos, das decisões administrativas e das determinações sobre a vida das pessoas enquanto membros da Maranata.
.
Há uma enormidade de reuniões com caráter secreto, para as quais, rigorosamente, só determinadas castas “superiores” ou “edificadas” da igreja podem participar. Os componentes dessas reuniões ou encontros seguem a cartilha de que jamais podem revelar o conteúdo ou assunto tratado, para que se mantenha oculto, em mistério, as matérias expostas aos não participantes.

Além da parte prática, que é ocultar informações e decisões dos visitantes e membros, o secretismo religioso tem o poder de suscitar, naturalmente, nos adeptos das reuniões às portas fechadas a sensação de mistério e privilégio espiritual sobre o restante dos membros não participantes, comumente reputados pelo sistema como “não-edificados” suficientemente para receberem tal “conhecimento”.

As práticas secretas estimulam uma vaidade elitista, orgulho religioso e ostentação espiritual ao participante. Reuniões de pastores, “culto-proféticos”, seminário de 7º período, “grupo de intercessão”, algumas reuniões de jovens, reunião de obreiros, são exemplos de reuniões que são revestidas da capa do obscurantismo religioso.

2.1.5.1.1. De acordo com a teologia da Maranata, Deus revelou a liderança “Segredos da Obra”. Se há secretismo religioso entre os internos, por conseguinte, em relação aos de fora, é mais acentuado. Muito embora as palavras de Jesus asseverem que tudo que se falar às escondidas deve ser anunciado sobre os telhados e nada há oculto para que seja revelado, na Maranata, porém, é ensinado que Deus houvera revelado “segredos da Obra” especialmente a seus fundadores, de tal sorte que é terminantemente proibido se falar dos detalhes e minúcias do sistema da Maranata a pessoas não-membros.

Tais “segredos” seriam as doutrinas originais e particulares da teologia da Maranata, assim como os conteúdos expostos em seminários, reuniões, encontros e distribuídos em apostilas. Ao curioso deve ser explicado tudo de forma evasiva e superficial – “não podemos revelar o segredos dessa Obra”.

Seminários, cultos e reuniões, por exemplo, são proibidos expressamente de serem gravados, seja até mesmo em áudio. Já se chegara até a proibir meras filmagens e fotografias dentro dos “maanains”, a fim de preservar a sensação de mistério e pretensão espiritual do local.

2.1.5.2. A Falta de Prestação de Contas ou Intransparência Orçamentária é diretriz basilar do governo da Maranata. Os valores arrecadados dos dízimos e ofertas são omitidos dos adeptos, ficando tão-somente sob a ciência do Presbitério (em matéria geral) e do pastor e tesoureiro (a guisa local).

Não há prestação de contas ou exposição do memorial descritivo de custos e arrecadações mensais aos membros, tampouco dos negócios firmados pelo Presbitério na aquisição e alienação de bens. O Estatuto da Instituição Religiosa, também, é omitido dos membros que não podem reclamar o seu acesso e ciência, sob pena de sofrerem retaliações e sanções.

Não obstante ensinarem que “o maanaim é dos membros”, não se justifica o motivo pelo qual levou a alienação de algum deles. Tudo é muito oculto e nada pode ser revelado em matéria que envolva administração de finanças, as quais estão totalmente a mercê da consciência do Presbitério.

E a Palavra do Senhor Jesus diz:

“Jesus lhe respondeu: Eu falei abertamente ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde os judeus sempre se ajuntam, e nada disse em oculto.”
 João 18:20

“Porque não há ninguém que procure ser conhecido que faça coisa alguma em oculto. Se fazes estas coisas, manifesta-te ao mundo.” João 7:4

“Porque nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se. O que vos digo em trevas dizei-o em luz; e o que escutais ao ouvido pregai-o sobre os telhados.” Mat 10:26-27

E Paulo explica o motivo pelo qual seitas utiliza a política do obscurantismo:

“Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.”2 Co 4:2

Sugestivo e muito.

Em Cristo.

Fonte:http://obramaranata.wordpress.com/governo-e-organizacao/

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/04/poder-camaleonico/#comment-12612

maranata – atestado médico frio (pra faltar ao trabalho), ou seja, mentindo que estava doente para participar pois era uma convocação.

Caros irmãos e CV,
as heresias que esta seita ao longos destes 43 anos tem sido implantadas, são terríveis. Qquando querem fazer uma reunão ou seminarios usam os meia-solas para dizer: é uma convocação do Senhor Jesus (mas não é); aí quem tem compromisso deixa família de lado e sai obedecendo ao senhor(pés). Conheci pessoas que para participar de seminarios conseguiam até atestado médico frio (pra faltar ao trabalho), ou seja, mentindo que estava doente para participar pois era uma convocação. vejam a que ponto chegam!
Esse jejum que fazem todos os domingos é uma heresia. me mostrem na palavra onde esta escrito que é para fazer jejum todos os domingos até a volta de Jesus!
Outra heresia: meios de graça não existe isto na palavra, foi criado por esta seita. existe sim, conforme estudo muito bom e profundo do Dr. Ézio Luiz, existe meio de graça que é a fé Efésios 2:8 “Pela graça sois salvos, por meio da fé: isto não vem de vós:é dom de Deus.”
Numa reunião no oeste de SC estavam até membros do pes, escute a visagem! Era visto que todos (aqueles que estavam na reunião)estavam na eternidade e seus corações eram de pedra, e estava escrito nesses corações de pedra: maranata. É demais.
Não falam em Jesus. Se não estiver na palavra, não serve como doutrina, como os icemitas gostam de falar revelação é aquilo que esta além da letra, então qualquer um pode vir algo na cabeça e dizer que é uma revelação. foi assim que esta seita foi se formando, mas ao mesmo tempo agora se vê desabando, porque não estava firmada na Palavra,e sim em invenções ditas revelações! Na verdade revelagens.
Paulo fala em 2 Corintios 11:4: Porque,se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebeste, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão sofrereis!!
um abraço fraternal a todos amados em cristo Jesus!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/05/meia-verdade-e-uma-mentira-inteira/#comment-11175