tesoureiro da maranata paga a multa de traso de energia do próprio bolso

Lembro q fui tesoureiro de uma icm, e isto implica em ir diversas vezes ao banco fazer depósitos, enfrentar filas etc…e depois preparar relatório, e finalmente ir até ao conselho fiscal prestar conta. Quando por algum motivo não pagava a conta de luz (exemplo)em dia, no mes seguinte vinha alguns centavos a mais, para ser pago, e a banca examinadora nos obrigava a fazer um deposito daquele valor, de nosso bolso. Um excelente cuador de mosquito. Um conselho fiscal eficiente para fiscalizar o que entra, MAS, para fiscalizar o que sai, não se tem informação, a não ser pela imprensa local. Como passam camelos, por esses buracos. Lamentavel, vergonhoso. Paz para os que sairam desse sistema religioso.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/fabrica-de-meia-solas/