testemunho de uma obreira da igreja crista maranata – icm

Olá CV;

Deus abençoe muito a sua vida… esse blog me ajudou a conferir todas as coisas que sentia e ainda ficava pesarosa com temor de ser da minha imaginação,mas é a verdade pura e que o Espírito Santo confirmou.
Apesar de sentir tristeza pelo que tem acontecido na ICM , pq ali vivi30 anos de muita sinceridade e ainda sofro com o afastamento de pessoas queridas que ainda não acreditam nessa sujeira encoberta há anos por um chefe inescrupuloso , soberbo e sem moral… Se ele não devesse, não era preciso contratar o melhor e mais caro advogado;

E a reportagem de ontem na Tribuna falando sobre os fiéis que tem que lutar por essa OBRA, não abandoná-la, blá, blá do Pr Diniz….essa não. Antes, falavam aos quatro cantos: ninguém faz falta aqui. No Ev. João 6-29, JESUS diz: A ORA DE DEUS É ESTA:QUE CREIAS NAQUELE QUE ELE ENVIOU…essa é a OBRA redentora que Deus deixou p/ toda a humanidade… ICM é apenas uma denominação com pessoas que agora estão doentes, deprimidas pq foram manipuladas com mentiras e sem direito de viver feliz.

Reconheço que também fiqui 2 meses em depressão quando comecei ver o que estava acontecendo. Graças a Deus, hoje estou feliz ,vivendo uma vida sem cabresto e aparencia de santidade imposta pelo homem… Deus abençoe o seu povo, pq examinando a palavra e diante dos fatos, temos que agir e servir a Deus com amor , dignidade, fé somente em JESUS, NOSSO SALVADOR!!

from http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/01/mene-mene-tequel-parsim/

A obra

É interessante percebermos que se não tivermos cuidado essa neurolinguítica também nos ludibria.

Começo a ter certeza que isto é feito de caso pensado. A ICM tem que dar conta de muitas vidas que ela estragou e preferiu jogar ao mundo do que aconselhar a seguir em outra denominação.

 

from <http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/11/a-linguagem-do-nao-pensamento/#more-17>

 

testemunho ex-maranata

Acho que as pessoas que ainda estão defendendo essa icm deveriam levar mais a sério o que estão fazendo com suas mentes.Pesquizem sobre lavagem cerebral e verão que  o que fazem lá,é muito sério mesmo,nos Estados Unidos por exemplo,existem profissionais contratados para ajudar quem não consegue se desligar das doutrinas dessas seitas mesmo depois de sair delas,são os ‘desprogramadores de mentes submetidas a lavagem cerebral por seitas”.

Esses profissionais ficam de 15 a 30 dias com a pessoa sosinhos tentando trazer de volta para a realidade e tirar toda a falsa doutrina que foi ensinada.Algumas pessoas ainda ficam com resquícios doutrinários que só o tempo cura,que é o que aconteceu com alguns de nós quando saimos da ICM .A pessoa submetida a essa desprogramação da mente fica  feliz de ser liberta e ao mesmo tempo,arrependida por ficar tantos anos servindo aos ensinos dessas seitas.

Não foi para isso que Jesus nos chamou,para sermos todos formatados por essa doutrina doentia,nos chamou para sermos nova criatura,mas cada um com os seus gostos e vontades porque se estamos em Cristo,não somos maus,pelo contrário,amamos a todos,mesmo que eles não nos amem.Volto a dizer,isso é muito sério e perigoso,porque alguns quando se dão conta que estão sendo manipulados,chutam o pau da barraca e não querem mais nem ouvir falar de Jesus.

Por isso CV,não se cale,continue alertando,mesmo que muitos não entendam hoje e joguem pedras em você, (que é comum a todos que não entenderam a graça de Jesus), um dia entenderão o seu propósito. um abraço.

….

Graci, entre outros que foram esclarecidos da capacidade destrutiva da HERESIA ICEMITA, apresenta comentários maduros e oportunos. Ela e o esposo sabem o que enfrentaram neste longo processo de ruptura…

De fato, amados, a linguagem do não-pensamento (leia o artigo neste Site), além de escorar o falso profetismo, introjetou na mente dos icemitas a mentalidade (conduta) de Obra que os deixa intoxicados com a ENGANAÇÃO. Eles acreditam em meias verdades, andando em círculos e acham que adoram a Deus. É impossível!

Estamos alertados que falsas profecias atraem a ação de espíritos de engano. O maranatês pseudocarismático é fruto desse endurecimento de coração, entristece o Espírito de Deus e ofende o “evangelho da graça de Deus”.

Não resta dúvida de que se alguém foi esclarecido dessa grave condição e continua resistindo ao Espírito de Cristo, pode chegar a condição de CONSCIÊNCIA MORTA. Nesta condição o apóstata não se sente condenado pelo que faz. Sinal dos tempos (1 Tm. 4.1,2): “alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência…”

Paz

 

from <http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/11/a-linguagem-do-nao-pensamento/#more-17>

 

Testemunho de um maranata da icm

É praticamente impossível estar em comunhão com Deus, em um lugar que sabemos que há o engano, a mentira, a conivência com o erro.Porque mesmo sabendo que o seu pastor não está envolvido com a gangue, mas por outro lado estão coniventes com a situação, defendendo com unhas e dentes a suas posiçoes e a posição do PES (GG)mentiras e mais mentiras para cima das ovelhas, pastores que temem ao GG, mas não temem a Deus, esta é a verdade. Deus jamais habitou e nem vai habitar em meio ao pecado.
Como receber orientação de um pastor que sabe de todo o erro, mas fica calado com medo.Mas Deus é fiel, ele sim guiará o seu povo às aguas tranquilas. Guia-nos Senhor, é o nosso desejo! Fiquem na Paz de Cristo!!!

testemunho de um ex-maranata da icm

Olá pessoal,
fui da Maranata durante 15 longos anos, onde como já escrevi aqui, sofri muito.
Sempre fui muito abençoada por Deus, ele sempre cuidou de mim, mesmo antes de eu frequentar igreja.Louvado seja o nome do Senhor Jesus.
Mas o que eu quero realmente dizer aqui é que,todos os comentários ,são relatos verdadeiros de tudo que acontece dentro da ICM,não vi nenhuma mentira ou nenhum exagero.como pessoas de ICMS de cidades diversas , longe uma da outra, poderiam descrever tão bem e com riqueza de detalhes os fatos ocorridos senão fossem verdadeiros, irmãos tudo que foi dito aqui nesse site é a mais pura verdade do que acontece dentro das Maranatas,eu passei por muitas humilhações e vi muita gente ser aviltada, afrontada,por motivos banais, os que tinham melhor situação podiam fazer tudo, já os menos favorecidos por qualquer motivo eram colocados no “banco”.Tardou mas chegou ao fim , parabéns ao site por nos dar a liberdade de relatar a verdadeira face da tal igreja.Espero que tudo que foi relatado aqui , sirva para ajudar aqueles que ainda não tomaram sua decisão.Liberdade em todos os sentidos. Um abraço.

Testemunho de um ex-obreiro da maranata

A igreja Cristã Maranata deveria ser processada não apenas por desvio de Dízimo, mas pelo dano causado em muitas vidas sinceras que ali um dia adentraram. Quantos de nós sofreram humilhações , ameaças a partir de manipulação de dons espirituais, danos psicológicos e porque não dizer materiais.
A escravidão e o fanatismo espiritual que fazem da maioria dos membros robozinhos, prontos a acatar qualquer ordem dos dirigentes,ontem pela manhã todas as igrejas foram convocadas para um seminário onde de forma pretensiosa através de satélite eles argumentaram sobre os fatos que estavam ocorrendo , deixando claro que devemos muito a “OBRA” , que a “OBRA” é tudo para nós, que sem a “OBRA” estaríamos perdidos, manipulando aqueles que não querem acordar a se voltar contra qualquer um que questione contras os desmandos dessa religião que Graças a Deus tem sido desmascarada de forma incontatável.

testemunho de mais um obreiro maranata

Lamentável, mas o que o Guardião falou é tudo verdade!
Também sou membro de lá, e ainda acrescento, sabe porque muitos usam pseudonimos ou tentam ficar anônimos nos comentátios?
Pq se algum pastor descobre que vc discorda de algo, VC É SUMARIAMENTE DESLIGADO DAS FUNÇÕES DEBAIXO DE MALDIÇÕES

Fico pasmo com a HIPOCRISIA de alguns Maranatas que tentam defender a Igreja dizendo que ROUBO HÁ EM TODO LUGAR, QUE TODAS SÃO IMPERFEITAS… mas sabe pq fazem isso? Pq não suportam a crítica (parafraseando um certo Pr Fafalaia).
Íamos e vamos a seminários onde o LÍDER, Sr Gueiros, RIDICULARIZA as demais igrejas, conforme o próprio Guardião citou. Ele teve a audácia de dizer que em Portugal a Assembléia de Deus está aceitando Maria como salvador (só buscar na net que encontram o vídeo dele falando isso, se não apagaram, é claro). Então falar mal das outras pode, agora tocar na ICM não pode né!? HIPÓCRITAS!
Ainda falam “por conta de 2 ou 3″, tem muito mais ae meus irmãos, vamos parar de ser idiotas cegos! 2 ou 3 bodes expiatórios, mas membros que roubam tem muito mais, pergunte aos irmãos de Minas ou do RJ capital sobre isso. Só que é claro, TUDO ABAFADO e ai de quem falar, vai ser “comido de bicho” como o Sr Gueiros mesmo amaldiçoa!
E o caso de pedofilia lá em SC ? O sujeiro aluga uma casa para igreja, frequenta por mais de ano, empresta dinheiro a Prs, mas no fundo era um Pedófilo! Sim, ele nunca foi de Cristo, mas era da IGREJA! Abafado mais um caso, e quantos outros que não fazemos idéia?

A última agora, uma transmissão (em aparelhos contrabandeados superfaturados, diga-se de passagem), o líder-mor da igreja veio dar uma palavra, MUITO INFELIZ, por sinal.
Em suma ele disse que Pr só existe na obra (apelido carismático da ICM), e que quem sair da obra, (sair da icm), não é mais pastor e estará debaixo de maldição de Deus!!!

O FULANO GUEIROS, vovô caduco, a sua insesatez liderança jogou o nome da instituição na LAMA, vc deveria representar a instituição, assim como o Macedo representa a IURD, o Waldomiro a Mundial, o Soares a Igreja de Graça, o Malafaia a ADVEC, o Gueiros representa a ICM.

Então irmãos da ICM, vamos parar de hipocrisia, de tentar defender o indefensável, e vamos “dar a mão a palmatória”!
Sejamos francos, generalizando (grande maioria ok), os da ICM são:
– Preconceituosos denominacionais
– Sectários, não se misturam com irmãos de outras igrejas
– Arrogantes se julgando a única Obra e o resto Sobra
– Soberbos
– e por ae vai.
Eu era assim, julgava irmãos de outras igrejas como religiosos, falavam que eram da “mescla”, “obra de Saul”, que poucos de lá iriam se salvar, que não tinham revelação, que sabiam de bíblia, mas não conheciam a palavra revelada, enfim eu fui ICMITA FARISEU e pedi e peço perdão se necessário ainda aos meus amados irmãos de outras igrejas por isso!
Aprendi muito mais a ser Cristão vivendo 2 anos com um Irmão (Luís Fernando, vulgo Xuquinha, que é da Semear), do que com 10 anos com muitos irmãos da ICM.

Então, meus irmãos da ICM, que ainda sou da ICM, vamos parar de defender a obra, e parar de dizer que amamos a obra, como fomos levados e incitados a fazer pelos nossos líderes, não tem isso na Palavra, tem? Defendemos o REINO e amamos o REI JESUS e acabou!

Como denominação, somos mais uma! Cheios de falhas bíblicas, com uma liderança carente de amor e práticas cristãs, passíveis de erros, afinal, como os irmãos das demais igrejas, somos homens também, não semi-deuses como alguns do nosso meio tentam transparecer!

Nem tudo é ruim, retenhamos o que é bom na ICM, é isso que eu faço, tem muita gente boa aqui na ICM (pergunte ao Caio Fábio), vamos obedecer o que nos é ensinado de acordo com a Palavra, e o que não for, ignoremos, deixem almadiçoar, aqui vai um antídoto para maldição gospel Rm 8:1.

Sirvamos a Deus com intereza de coração, seja na ICM, na Batista, na Assembléia, na Mundial, em casa, onde quer que for, o templo somos nós e o corpo são todos os salvos em CRISTO!

Os Malafaias passam, Santiagos, Soares, Terra Nova, Terra Velha, Desterrado, Gueiros, MáCedo, MáTarde, MáhOih! todos passam, mas o amor dos irmãos permanecem em Cristo Jesus!
Que Deus abençoe a todos!

“Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. ” Rm 11:36

Obs.: Quero aqui publicamente agradecer ao Léo, que talvez não lembra, mas respondeu um email meu em meio a minha aflição das denúncias e perseguições ICMitas, e teve uma boa Palavra a qual me ajudou muito.
Léo obrigado e me perdoe, pois no meu tempo de hipócrita/fariseu já critiquei várias vezes esse blog e seus leitores, os quais sei que não são perfeitos, mas que fazem tudo para a Glória de Deus! E fui infeliz e (por isso o pedido de perdão) nos meus comentários denegrativos, mesmo que entre particulares, contra esses irmãos que sustentam esse blog!

a obra maranata resumida por um ex-obreiro

3. Máscaras de hipocrisia

Policarpo

No afã de querer inventar moda, para, consequentemente, se elevar à posição de “salvador da pátria”, juntamente com sua Rainha (Igreja Cristã Maranata), o ídolo “Obra”, o Ditador Supremo da ICM incute invencionices na cabeça de desavisados esses arranjos exegéticos heréticos.
Resultado: vemos a podridão que está acontecendo no seio dessa denominação.

1) Matrimônios deteriorados, brigas atrás de brigas, frieza e sequidão entre os cônjuges, ambos escravos dos deleites do ídolo e das vontades do Déspota Religioso. Casamentos arruinados, divórcio e separação judicial decorrente da idolatria e subserviência por parte de um dos cônjuges, ou ambos, a este ídolo ICM-Obra.

2) Jovens aculturados, vazios de conteúdo, abobados; sem futuro profissional e estudantil proveitoso. Depressivos por carregarem pesados fardos, cheios de obrigações, reuniões e compromissos, embalados por chantagens psicológicas de falso-profetismo (”orientações” e “revelações do Sinhô”).

Jovens pressionados, depressivos, sem anseio de crescer na vida, porque estão desgastados e consumidos emocional e fisicamente às obrigações intermináveis e diárias do sistema religioso.

3)  Famílias divididas, antes unidas e alegres, agora amargas e desgostosas, porque seus filhos, marido, pais, esposa, parentes estão subjugados ao ídolo ICM-Obra, abandonando o lar, abandonando os filhos, abandonando o cônjuge, abandonado os pais idosos, os avós, porque tem que estar todo-santo-dia cumprido as “orientações” (semana: madrugada, meio-dia, culto a noite, reuniões pós-culto; fim de semana: maanaim, mutirão, ensaios, reuniões de senhoras, evangelizações, mais reuniões, seminários).

Não há família que sustente essa opressão religiosa. Contendas corriqueiras são agora instauradas, porque os amados abandonados, mesmo que cristãos de outros grupos evangélicos, admoestando os seus familiares icemitas, são discriminados, debochados, rebaixados espiritualmente “porque não são da Obra”.

4) Jovens mulheres encalhadas; varões encalhados; sem perspectiva de casamento e namoro; porque não devem, sob pena de excomunhão e execração (”ir pro banco”), namorar e almejar casamento com cristãos evangélicos de outras denominações. Sentimento de facção, de partidarismo, XENOFOBIA RELIGIOSA. Preconceito racial era comum, agora, a ICM apregoa um RACISMO RELIGIOSO-DENOMINACIONAL.

5) Pessoas vivendo por esse sistema horrendo, de aparência de piedade, mas de conteúdo muito religioso, legalista e farisaico, transforma as pessoas nesses monstros religiosos grotescos – impiedosos, sem misericórdia, sem bondade e sem afabilidade; pessoas arrogantes, prepotentes, auto-suficientes amparadas nesse ídolo “Obra”, petulantes, idólatras, capazes de promover guerras, divisões, amaldiçoar terceiros, perseguir, discriminar só porque um ser humano, irmão em Cristo, discorda da ICM.

Bando de fanáticos religiosos, sem afeição natural, sem identidade, sem caracteres próprios, um bando de robô programado, uma manada seguidora do Presbitério. Manada de beatos alienados que se mandarem até eles fazer o pior, eles fazem porque são obtusos e descerebrados, de mente formatada pelo ensino medonho e bizarro que lhes foi incutido.

A ICM está destruindo famílias, jovens, o futuro deles, acabando mais ainda com essa sociedade corrupta e tão necessitada de Deus. Uma denominação com a aparência de piedade, mas por dentro é cheio de desgraça e podridão , mas os beatos ainda insistem em maquiar o rosto, e fingir que está tudo bem – “é uma bênção” – maquiando sua depressão, maquiando sua infelicidade, seu desgosto, seu desconforto, sua vida deplorável nessa religião sectarista, exclusivista, arrogante, prepotente, discriminatória, mandona, castradora, xenofóbia, NARCISISTA e FARCISTA.

Acordem, em nome de e Jesus!

A verdade da igreja cristã maranata – icm

2. Nada podemos contra a Verdade…

Elias

Amado irmão Cavaleiro Veloz, fiquei 20 anos na Igreja Cristã Maranata (não considerando minha caminhada antes do meu batismo). Lá, fui obreiro, dirigi louvor incontáveis vezes, preguei muitas vezes.

Nos últimos dias eu já vinha questionando algumas coisas como: esta ridícula consulta à Palavra que diáconos e pastores tem feito vista grossa nas reuniões de culto profético e outras; esta vídeoconferência que tem tornado o pastor um mero auxiliar do presbitério (um gerente, vê se pode!) onde a autoridade, a sabedoria que deve ser peculiar do  ministério local para conduzir o rebanho, tem dado lugar para as manipulações deste presbitério autoritário através desta vídeo conferência.

Estes meios de graça impostos como determinações, sufocam a liberdade do crente para orar, jejuar, madrugar quando e como quiser, sendo isto a essência do crente e não meios de graça. Sendo que, segundo a Palavra não existem meios, mas sim um meio: a Fé em Cristo e não as obras. Usos e costumes que tem deixado de observar a decência para se apegar a modelo de roupa. Obra de doutrinas inquestionáveis e de ungidos intocáveis.

Por fim, não agüentei mais, e fui comunicar ao meu pastor que estava deixando esta Obra citada acima. Para meu espanto ele se calou. Não abriu a sua boca para defender a doutrina que ele, como ministro, prega e ensina as pessoas. Nem ao menos tentou me fazer voltar, já que eu estava “na carne” (lembrando que dias antes ele havia me ligado sentindo minha falta, enviando também um torpedo com uma palavra de ânimo).

Enfim, mais fácil foi, abrir mão de agir como pastor, para se safar dos questionamentos que ouviria, do que com a Bíblia em punho, como obreiro que manuseia bem a Palavra da Verdade, dar sustentações para este engodo doutrinário. Li 99% dos artigos que antes estavam no site: seitamaranata.blogspot e agora estão em outro, e não tive como rejeitar a verdade desses artigos.

Deus seja contigo!

Nada podemos contra a Verdade senão pela Verdade. Esta ação judicial não irá impedir estas verdades.

Fique na paz de Cristo!

HOJE POSSO DIZER: JÁ FUI UM MARANATA

1. HOJE POSSO DIZER: JÁ FUI UM MARANATA

MHelena

Em 17/04/08

“Pessoal,

Há mais de um ano, por acaso, descobri essa comunidade . Fiquei chocada com o que li, na época. À medida que acompanhava o dia-a-dia da comunidade, ia me libertando das feridas que me machucavam há quase 13 anos. Todavia, há apenas alguns meses entrei na comunidade e, só hoje, tive coragem de postar algo.

Acho que, FINALMENTE estou liberta de tantas amarras.

Conheci a ICM qdo tinha apenas 22 anos e fiz parte, ativamente, por 06 anos. Tive experiências maravilhosas com o Senhor, enquanto estava lá; mas também, foi lá que convivi com as pessoas mais abjetas e desprezíveis, com sentimentos mais mesquinhos que qualquer outro que conhecera antes. Fui humilhada, perseguida e marcada por decisões tomadas com base em revelagens.

Todavia, mesmo após ser atingida pelo tiro de misericórdia, recusava-me a aceitar que havia vida fora da icm.

Tentei me libertar durante 13 longos anos. Não morri, não sofri nenhum acidente, todos os meus familiares continuam vivos e bem, casei com uma pessoa MARAVILHOSA (católico), tenho dois lindos filhos e sou muito feliz COM O MEU SENHOR JESUS sempre á minha frente e de minha família.

Criei esse tópico por que:

1. Graças a essa comunidade , quebrei o último elo da corrente;

2. descobri que eu não estava sozinha nessa luta espiritual;

3. descobri como é uníssona a voz que brada as más-experiências vividas na icm;

4. pior de tudo: são pessoas que não se conhecem, de cidades e estados diferentes, mas que se tornam tão próximos, por terem vivido experiências TÃO IGUAIS.

Nesses longos 13 anos, mantive contatos, fui em alguns cultos. Toda vez que ia à igreja (mesmo após meses, até anos ausente), sentia-me retornando às missas católicas que ia qdo criança.

Sabia cada passo seguinte, cada palavra que seria dita na oração; tudo seguido de forma litúrgica.Mas tinha medo de deixar fluir meu pensamento, mesmo com as feridas sangrando e doendo.

Ora, as bênçãos do Senhor são tantas na minha vida e da minha família; tantas mesmo, meus amados irmãos, que todo o restante da minha existência será insuficiente para agradecê-Lo.

A exemplo de muito que já li, muito há a falar, mas não quero enfadá-los.

Apenas quero compartilhar ESSA PAZ QUE SINTO EM MINHA ALMA; esse alívio espiritual em meu peito.

Agradeço a Deus, meu Senhor, a quem amo e sei que também me ama, por ter me feito conhecer essa comunidade.

Que o Senhor continue abençoando todos vcs, por quem já nutro tanto carinho.

Um abraço”.