igreja maranata – Para quem pensa que a justiça não está investigando as supostas práticas criminosas da Maranata, dia 13/09 último foi publicada resposta do Superior Tribunal Federal pelo Ministro Lewandowski

Há um tempo para todas as coisas. O tempo agora é o de aguardar a decisão da justiça, e quem ainda não sabe, o STF se manifestou a exatos 15 dias atrás:

Para quem pensa que a justiça não está investigando as supostas práticas criminosas da Maranata, dia 13/09 último foi publicada resposta do Superior Tribunal Federal pelo Ministro Lewandowski (…)

Assim, o sigilo das investigações encontra-se devidamente fundamentado na necessidade de resguardo aos trabalhos, buscando, com a parcial restrição da publicidade, conferir sólido resultado na apuração das supostas práticas criminosas, posto que estão sendo averiguados fatos extremamente complexos ligados à Igreja Cristã Maranata e que envolvem um grande número de possíveis responsáveis, testemunhas e terceiros….

Pois é, as investigações de fatos ligados à ICM continuam a todo vapor, só estão sendo sigilosas, restritas à publicidade, ou em bom maranatêz: as investigações estão escondidas do olhar do “adversário”…

Resta a alguns entenderem QUEM seria o adversário neste caso, né?

http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/22374223/medida-cautelar-na-reclamacao-rcl-14470-es-stf

Abra o link acima, leia e tire suas próprias conclusões. Falar mais o quê???? Publicar mais o quê??

Claro, os “do ninho” são audiência assídua aqui neste espaço.

Que bom que é assim, ele é mesmo direcionado para vcs! Não fiquem impacientes por não haver tantas atualizações diárias, estamos aguardando a justiça dos homens, pq a de Deus, esta já está sendo feita para a glória do nosso Senhor!!

Vamos aguardar um poucochinho mais de tempo com paciência que as novidades virão, amém?

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/#comment-17872

igreja maranata – Essa investigação da maranata vai dar UM TSUNAMI DE PROPORÇÕES JAMAIS VISTAS!

Ó povo da maranata que continua “orando” para gedelti gueiros – como diz um velho ditado “onde há fumaça há fogo!” se livrem LOGO dessas heresias de companhia gueiros e associados!

para destacar na decisão do STF do dia 06/09/2012:
“Assim, o sigilo das investigações encontra-se devidamente fundamentado na necessidade de resguardo aos trabalhos, buscando, com a parcial restrição da publicidade, conferir sólido resultado na apuração das supostas práticas criminosas, posto que estão sendo averiguados fatos extremamente complexos ligados à Igreja Cristã Maranata e que envolvem um grande número de possíveis responsáveis, testemunhas e terceiros.”

o presbiterio espirito santense em vila velha está sendo desmascarado como quadrilha que rouba, usa nossa Fé em Deus para enriquecer, contrabendeia, lavagem de dinheiro etc etc etc é MUITA acusação.

“Não olhem para o homem” – palhaçada – quem está sendo investigado é o FUNDADOR – o PAI da maranata – não simplesmente um membro ou presidente – o PAI que fundou com a mentira que recebe revelações de deus – o deus dele claro… TUDO que você acredita é da cabeça desse FUNDADOR gedelti gueiros!!

Nesta ata está bem claro que nem antonio angelo que deve estar louco para ter informações sobre as investigações em andamento contra essa QUADRILHA de ladrões do pes – nem ele como vice-presidente consegue informações porque “envolvem um grande número de possíveis responsáveis, testemunhas e terceiros” e continua e sigilo!!

Essa investigação da maranata vai dar UM TSUNAMI DE PROPORÇÕES JAMAIS VISTAS!

Sai dela enquanto tiver tempo e JAMAIS diga ninguém me avisou!

Alias Ministério Público – como vai a investigação sobre a EU-BRALAT que estava registrada em nome de Pereira Dos Santos Antonio Angelo, Rua Henrigue Martins Tuche 21, Jabour Vitoria, Espirito Santo, Brazīlija?

Os links de origem já não são válidos porque em Março de 2012 alguém com poderes como procurador de antonio angelo ou ele mesmo deu entrada na câmara de comércio na Lituânia para dar baixa na EU-BRALAT.

Isto não se chama interferir nas investigações em andamento?

O registro da EU-BRALAT ficou aqui gravado 1:1:

http://obramaranatarevelada.wordpress.com/2012/03/09/testemuno-o-dinheiro-dos-dizimos-para-a-ucrania-corrigindo-lituania/

O pedido de baixa da EU-BRALAT ficou gravado em:

http://obramaranatarevelada.wordpress.com/2012/04/20/maranata-enquanto-o-ministerio-publico-investiga-o-pes-da-maranata-elimina-provas/

Como fica esse FATO de interferir nas investigações?

PAZ

maranata – Superior Tribunal da Justiça nega o acesso ao andamento do processo contra igreja cristã maranata a antonio angelo

STF – MEDIDA CAUTELAR NA RECLAMAÇÃO: Rcl 14470 ES

Compartilhe

Ementa para CitaçãoAndamento do Processo

Dados Gerais

Processo:

Rcl 14470 ES

Relator(a):

Min. RICARDO LEWANDOWSKI

Julgamento:

06/09/2012

Publicação:

DJe-180 DIVULG 12/09/2012 PUBLIC 13/09/2012

Parte(s):

ANTONIO ANGELO PEREIRA DOS SANTOS
ALEXANDRO OLIVEIRA GOMES E OUTRO(A/S)
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

Decisão

Trata-se de reclamação, com pedido de medida liminar, ajuizada por ANTONIO ANGELO PEREIRA DOS SANTOS, contra acórdão do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, que, ao denegar a ordem no HC 00011893-13.2012.8.08.0000, teria ofendido o enunciado da Súmula Vinculante 14. O reclamante narra, inicialmente, que soube pela imprensa que está sendo alvo de investigação no âmbito da Promotoria de Justiça daquele estado, a qual teria se inciado a partir de denúncias anônimas e documentos apócrifos, visando apurar suposto desvio de recursos da Igreja Cristã Maranata -ICM. Relata, em seguida, que os seus advogados postularam ao Ministério Público capixaba vista dos autos, com a extração de cópias, mas o pedido foi negado pela autoridade responsável pelo procedimento. Buscando ter acesso aos referidos documentos, a defesa manejou habeas corpus no Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, que, contudo, denegou a ordem, em acórdão assim do: “HABEAS CORPUS – NEGATIVA DE ACESSO AOS AUTOS DE PROCEDIMENTO INVESTIGATIVO – VIOLAÇÃO A SÚMULA VINCULANTE Nº 14 DO STF – CERCEAMENTO DE DEFESA – NÃO CONFIGURADO – COMPLEXIDADE DOS FATOS APURADOS – AUSÊNCIA DE INDIVIDUALIZAÇÃO DA CONDUTA DO PACIENTE- NECESSIDADE DE RESGUARDO DAS INVESTIGAÇÕES – ORDEM DENEGADA. 1. Não há que se falar em cerceamento de defesa decorrente da negativa de acesso ao procedimento investigativo, posto que não se verifica a existência de investigação direta em relação ao paciente, mas apenas diligências no sentido de apurar quem são os eventuais envolvidos com os ilícitos patrimoniais e tributários supostamente praticados, motivo pelo qual deve ser preservado o sigilo das investigações, com o intuito de conferir maior resultado na apuração de possíveis práticas delitivas”. É contra essa decisão que se insurge o reclamante. Assevera, de início, que o entendimento adotado pelo acórdão impugnado não deve prosperar, uma vez que existem vários elementos de provas indicando que ele é um dos investigados diretos no PIC 005/2012, em curso no MP/ES. Aduz, para tanto, que, pelos referidos documentos, “vemos a figura do Reclamante como ponto central de um organograma elaborado no parecer preliminar, ou seja, há indicação individualizada sobre o autor, anterior a produção desta ferramenta (parecer)” (fls. 8-9 -grifos no original). Assim, entende que a negativa aos seus patronos de ter vista e cópia dos autos do procedimento investigatório que tramita no Ministério Público do Estado do Espírito Santo, bem como a denegação da ordem pelo TJ/ES, ofende a Súmula Vinculante 14 desta Corte, sendo, portanto, cabível a reclamação, nos termos do art. 103-A§ 3º, da Constituição Federal. Requer, ao final, seja deferida a medida liminar, determinando ao Promotor Presidente do PIC 005/2012 que dê vista e permita a retirada de cópias de todos os atos encadernados e decorrentes de diligências já concluídas, no prazo de 24 horas. No mérito, pede a confirmação da liminar pleiteada, bem como seja oficiado ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, ao Presidente da Ordem dos Advogados do Estado do Espírito Santo e ao Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo. É o relatório suficiente. Decido. Bem examinados os autos, tenho que o caso é de indeferimento da liminar. Embora o reclamante alegue que está sendo investigado diretamente em procedimento instaurado no âmbito do Ministério Público do Estado do Espírito Santo, não há, nos autos, pelo menos neste exame preliminar, nenhuma comprovação dessa afirmativa, o que recomenda sejam solicitadas informações àquele órgão ministerial. No acórdão ora questionado, aliás, foi consignado que “(…) fora instaurado Procedimento Investigativo Criminal pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo, ‘com o objetivo de investigar e identificar membros da Igreja Cristã Maranata supostamente integrantes de uma organização criminosa especializada e responsável por crimes de estelionato e outras fraudes, bem como crimes contra fé pública, ordem tributária e lavagem de dinheiro, ludibriando fiéis com o desvio de numerários oferecidos para determinadas finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e determinadas finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e de terceiros, pessoas físicas e jurídicas (compostas por interpostas pessoas) vinculadas à quadrilha’ (fls. 43). (…) Entretanto, tenho que as informações apresentadas pela autoridade apontada como coatora, às fls. 82/97, são satisfatórias em defender a necessidade de preservação do sigilo do procedimento investigativo, dado a gravidade, complexidade dos fatos em apuração e, principalmente, diante da ausência de individualização das condutas. (…) Assim, o sigilo das investigações encontra-se devidamente fundamentado na necessidade de resguardo aos trabalhos, buscando, com a parcial restrição da publicidade, conferir sólido resultado na apuração das supostas práticas criminosas, posto que estão sendo averiguados fatos extremamente complexos ligados à Igreja Cristã Maranata e que envolvem um grande número de possíveis responsáveis, testemunhas e terceiros. Ademais, cumpre ressaltar que, ao contrário do que alega o ilustre causídico impetrante, ainda não há a individualização da conduta do paciente, que não está sendo acusado por eventuais práticas delituosas, razão pela qual não há que se falar em cerceamento do direito à ampla defesa. (…) Desta forma, uma vez que não há até o presente momento qualquer investigação direta em relação ao paciente, mas apenas diligências no sentido de apurar quem são os eventuais envolvidos com os ilícitos patrimoniais e tributários supostamente praticados, entendo em preservar o sigilo das investigações, com o intuito de conferir maior resultado na apuração da possível prática delitiva” (fls. 271-274 -grifos meus). Pela narrativa exposta, não vislumbro, nessa fase processual, o fumus boni iuris necessário para a concessão da medida liminar requerida. Diante de tal quadro, e sem prejuízo de uma apreciação mais aprofundada por ocasião do julgamento de mérito, indefiro a medida liminar. Solicitem-se informações ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo, para que preste esclarecimentos pormenorizados sobre o Procedimento Investigativo Criminal 005/2012. Publique-se. Brasília, 6 de setembro de 2012.Ministro RICARDO LEWANDOWSKI- Relator –

maranata – radio trombetas antiga oficial da maranata vira radio maanaim – por não concordar com os ensinos da seita, que, como é notório está fora da Palavra de Deus

 

VOZ COMO DE TROMBETA NA RÁDIO TROMBETAS

 

maranata - radio trombetas antiga oficial da maranata vira radio maanaim - por não concordar com os ensinos da seita, que, como é notório está fora da Palavra de Deus

maranata – radio trombetas antiga oficial da maranata vira radio maanaim – por não concordar com os ensinos da seita, que, como é notório está fora da Palavra de Deus

O Pastor Samuel França, da Rádio Trombetas, leu sua carta de desligamento da ICM-PES.

Ele se desligou desde o dia 05/06/2012 por não concordar com os ensinos da seita, que, como é notório está fora da Palavra de Deus.

Inclusive citou o nome do Pr. Eduardo Gil Vasconcellos, e citou outros nomes que fizeram a pergunta: Quem sai da tal OBRA, é um caído? Isso foi veiculado dentro do quadro “tire a sua dúvida”, da rádio.

Ele respondeu que não, desde que siga a Palavra de Deus, mas aqueles que seguem um líder religioso, sem contestar e sem verificar na Palavra de DEUS, agem como alguém que não vive uma vida autêntica cristã.

Ele citou os crentes de Bereia, que também verificavam na palavra de Deus o ensino do Apóstolo Paulo, que, por sua vez, não os recriminou, mas, ao contrário, teceu elogios a eles.

Samuel França ainda disse que aqueles que seguem um líder cegamente, sem examinar a Bíblia, estão no caminho para o inferno!

Um abraço fraternal a todos irmãos em Cristo.

Pr. Eduardo Gil Vasconcellos.

Base do artigo publicado em: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/#comment-13006

COMENTÁRIO DIGA NÃO ÀSEITA:

Segue abaixo o áudio da carta de desligamento do Pr. Samuel França e de sua família da icm-pes.

http://www.radiotrombetas.com.br/noticias.asp?id=42&cn=4

Reparem que os motivos de sua retirada de tal denominação não se deve ao fato de delitos (em tese) cometidos pela cúpula do pes, e sim por desvios com relação à Palavra de Deus!

Em conversa pessoal com o pastor Samuel França, após a sua saída da icm, perguntei se ele teria o curso de teologia em seu currículo, e após responder afirmativamente, perguntei se ele classificaria a icm como seita, a qual ele declarou: “sim, é uma seita herética”!

A partir de sua saída, é notório o esforço do pastor Samuel em defender a Bíblia, e muitas vezes se contrapondo às doutrinas antibíblicas, que são disseminadas na icm.

“Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,
Que dizia: Eu sou o Alfa e o Omega, o primeiro e o derradeiro; e o que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia.”

Apocalipse 1:10-11

Força, pastor Samuel França!  Enquanto estiver nesse mister de levar a Verdade da Palavra ao povo, saberemos que O que tem Uma Voz como de Trombeta usará o pastor como veículo dentro da Rádio Trombetas. O resultado será sempre positivo: o de esclarecimento, instrução, enriquecimento no entendimento e na vivência do Evangelho!

A Paz do Senhor!

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/29/voz-como-de-trombeta-na-radio-trombetas/

maranata – O TITANIC OBRA ESTÁ AFUNDANDO! – E você, icemita, vai morrer afogado??

 

O TITANIC OBRA ESTÁ AFUNDANDO!

 

maranata - O TITANIC OBRA ESTÁ AFUNDANDO! - E você, icemita, vai morrer afogado??

maranata – O TITANIC OBRA ESTÁ AFUNDANDO! – E você, icemita, vai morrer afogado??

Como aquele que projetou o navio chamado Titanic disse que “nem Deus afundaria”, muitos pensavam o mesmo sobre a grande obra construída por Gedelti  Gueiros.

Vejo a mesma coisa, quando Gedelti afundou a seita.

O pensamento era que nunca iria chegar ao ponto em que estamos, só que encontrou um iceberg gigantesco durante sua trajetória quadragenária, do qual não pode se desviar, tal qual ocorreu com o o navio Titanic.

Este iceberg representa a frieza, dentro do sistema obra, como é tratada a membresia. A massa do grande bloco de gelo contém as heresias, os crimes (em tese), a falta de amor, a destilação do ódio, as perseguições, as discriminações, as mentiras, as competições, as falsas unções, os preconceitos, a avareza, as falsidades, as politicagens, etc.

Agora só estamos vendo o grande e “imponente” navio obra, obra, obra, afundando e o mestre do malabarismo e seus meias-solas atordoados sem saber o que fazer.

E você, icemita, vai morrer afogado??

A água já está chegando até o seu “camarim”! Você vai ficar parado? Teus parentes e amigos já empreenderam em um plano de fuga!

Quando você vai pegar o seu bote e sair fora deste navio (obra)??????

Vai preferir perseverar em um entendimento que tudo está sob controle? Que o projeto da obra foi bem executado? Que o comandante vai conseguir garantir o bem de todos os passageiros?

Não foi bem isso que aconteceu no caso do Titanic, e todos nós conhecemos bem essa história, inclusive contada por James Cameron, em 1997, sendo estrelado por Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, pois, dos que estavam a bordo, 70 % (setenta por cento) sucumbiu, restando como sobreviventes apenas 30 % (trinta por cento).

Ou seja, não adiantou falarem que tudo iria acabar bem, mas o final foi desastroso.

Você vai ficar para ver se estará dentre o grupo de sobreviventes do naufrágio do transatlântico obra, após a sua jornada quadragenária?

Foge dela, povo meu!

Um abraço fraternal e A Paz do Senhor a todos.

Pr. Eduardo Gil Vasconcellos e Alandati!

COMENTÁRIO DIGA NÃO ÀSEITA:

Tomei conhecimento de um diálogo curioso antigo, mantido entre o falecido, homem de Deus, pastor Jonas, enquanto já moribundo, no leito, que se virou para o comendador Gedelti e bradou: “Eu estou morrendo, mas você vai acabar com essa igreja”, referindo-se à icm-pes!

Podemos verificar então, visto que a fonte dessa informação é totalmente segura, pois emana de alguém que testemunhou tal conversa, que a profecia está se cumprindo para o palácio da rainha desfigurada, e gedelspapa, mesmo sabendo disso, nada fez para que a coisa tomasse outro rumo, no sentido de tentar evitar que o navio abalroasse no imenso iceberg!

Colhem hoje o que plantaram o tempo todo!

A Paz do Senhor.

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/29/o-titanic-obra-esta-afundando

maranata – falsas doutrinas – não toqueis no ungido do senhor

 

NÃO TOQUEIS NO UNGIDO DO SENHOR!

 

maranata - falsas doutrinas - não toqueis no ungido do senhor

maranata – falsas doutrinas – não toqueis no ungido do senhor

“Não toqueis no ungido do Senhor”. Essa é a resposta de nove entre dez crentes que creem em tudo o que lhe pregam sem serem bereianos, quando confrontados com críticas ou acusações contra pastores, apóstolos (?) e demais líderes eclesiásticos. Não importa se as provas do crime são claras, para esses crentes não nos cabe julgar nem analisar o que a liderança da igreja faz de errado: cabe aos crentes, segundo essa falsa doutrina, agir como Davi em relação à Saul: simplesmente não fazer nada, e esperar que Deus resolva o negócio e faça a justiça. E enquanto nada se faz, esses líderes criminosos continuam roubando, matando e destruindo o rebanho de crentes em suas mãos, e trazendo escândalo para o Evangelho, afastando de vez os não-crentes do afã de conhecerem a Verdade de Cristo.

Mas enfim, Davi realmente disse em várias passagens de 1 Samuel que não se deve tocar no ungido do Senhor. E aí?

Em primeiro lugar, temos que deixar bem claro sobre qual ungido Davi se referia. Ele se referia a Saul, atual rei de Israel, porém já destronado por Deus, que havia ungido Davi em seu lugar. Portanto, a primeira coisa que temos que ter em mente é que não se tratava de qualquer ungido, mas de Saul.

Em segundo lugar, temos que entender essa unção que Saul recebeu. Em 1 Samuel 8, lemos que o povo queria um rei no lugar dos antigos juízes que governavam Israel. Deus não tinha esse desejo, pois o querer um rei era um desejo do povo de que Deus já não reinasse mais sobre eles. Porém Deus resolveu satisfazer Israel, e escolheu Saul como rei.

Em 1 Samuel 10, lemos o profeta Samuel indo ungir Saul como rei:

“Então tomou Samuel um vaso de azeite, e lho derramou sobre a cabeça, e beijou-o, e disse: Porventura não te ungiu o SENHOR por capitão sobre a sua herança? Apartando-te hoje de mim, acharás dois homens junto ao sepulcro de Raquel, no termo de Benjamim, em Zelza, os quais te dirão: Acharam-se as jumentas que foste buscar, e eis que já o teu pai deixou o negócio das jumentas, e anda aflito por causa de vós, dizendo: Que farei eu por meu filho? E quando dali passares mais adiante, e chegares ao carvalho de Tabor, ali te encontrarão três homens, que vão subindo a Deus a Betel; um levando três cabritos, o outro três bolos de pão e o outro um odre de vinho. E te perguntarão como estás, e te darão dois pães, que tomarás das suas mãos. Então chegarás ao outeiro de Deus, onde está a guarnição dos filisteus; e há de ser que, entrando ali na cidade, encontrarás um grupo de profetas que descem do alto, e trazem diante de si saltérios, e tambores, e flautas, e harpas; e eles estarão profetizando. E o Espírito do SENHOR se apoderará de ti, e profetizarás com eles, e tornar-te-ás um outro homem. E há de ser que, quando estes sinais te vierem, faze o que achar a tua mão, porque Deus é contigo. Tu, porém, descerás antes de mim a Gilgal, e eis que eu descerei a ti, para sacrificar holocaustos, e para oferecer ofertas pacíficas; ali sete dias esperarás, até que eu venha a ti, e te declare o que hás de fazer. Sucedeu, pois, que, virando ele as costas para partir de Samuel, Deus lhe mudou o coração em outro; e todos aqueles sinais aconteceram naquele mesmo dia.”

1 Samuel 10.1-9

E Saul ficou cheio do Espírito Santo, e em 1 Samuel 11.15, finalmente Saul é proclamado rei. Porém a unção que Saul recebeu era apenas para reinar, não para ser sacerdote ou líder espiritual do povo. Essa função era para algumas pessoas específicas, como o profeta Samuel. Não cabia a Saul as funções sacerdotais, sendo esse um dos pecados que o fez perder o reinado em Israel:

 “E os filisteus se ajuntaram para pelejar contra Israel, trinta mil carros, e seis mil cavaleiros, e povo em multidão como a areia que está à beira do mar; e subiram, e se acamparam em Micmás, ao oriente de Bete-Aven. Vendo, pois, os homens de Israel que estavam em apuros (porque o povo estava angustiado), o povo se escondeu pelas cavernas, e pelos espinhais, e pelos penhascos, e pelas fortificações, e pelas covas. E alguns dos hebreus passaram o Jordão para a terra de Gade e Gileade; e, estando Saul ainda em Gilgal, todo o povo ia atrás dele tremendo. E esperou Saul sete dias, até ao tempo que Samuel determinara; não vindo, porém, Samuel a Gilgal, o povo se dispersava dele. Então disse Saul: Trazei-me aqui um holocausto, e ofertas pacíficas. E ofereceu o holocausto. E sucedeu que, acabando ele de oferecer o holocausto, eis que Samuel chegou; e Saul lhe saiu ao encontro, para o saudar. Então disse Samuel: Que fizeste? Disse Saul: Porquanto via que o povo se espalhava de mim, e tu não vinhas nos dias aprazados, e os filisteus já se tinham ajuntado em Micmás, eu disse: Agora descerão os filisteus sobre mim a Gilgal, e ainda à face do SENHOR não orei; e constrangi-me, e ofereci holocausto. Então disse Samuel a Saul: Procedeste nesciamente, e não guardaste o mandamento que o SENHOR teu Deus te ordenou; porque agora o SENHOR teria confirmado o teu reino sobre Israel para sempre; porém agora não subsistirá o teu reino; já tem buscado o SENHOR para si um homem segundo o seu coração, e já lhe tem ordenado o SENHOR, que seja capitão sobre o seu povo, porquanto não guardaste o que o SENHOR te ordenou.”

1 Samuel 13.5-14

O outro pecado de Saul ocorreu em 1 Samuel 15, quando desobedeceu à ordem do Senhor ao não destruir o melhor do rebanho dos amalequitas, com a desculpa de que usaria o rebanho como sacrifício, onde Samuel disse que é melhor obedecer do que sacrificar.
Assim, em 1 Samel 16 lemos o Espírito do Senhor deixando Saul e passando a habitar Davi, o novo rei ungido:

“Disse mais Samuel a Jessé: Acabaram-se os moços? E disse: Ainda falta o menor, que está apascentando as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda chamá-lo, porquanto não nos assentaremos até que ele venha aqui. Então mandou chamá-lo e fê-lo entrar (e era ruivo e formoso de semblante e de boa presença); e disse o SENHOR: Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo. Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá. E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR.”

1 Samuel 16.11-14

Ou seja, Saul deixou de ter o Espírito Santo, mas continuou sendo rei de Israel por vários anos. Nesses anos, o Espírito Santo estava com o novo ungido, Davi, que porém ainda não havia sido reconhecido rei pelo povo. Dessa forma, Davi servia ao rei Saul e foi perseguido por seus exércitos, e aí chegamos à passagem que abriu esse artigo, quando Davi teve real chance de aniquilar Saul, mas não o fez por considerá-lo ungido do Senhor.

Realmente, o que impediu Davi de se levantar contra Saul não foi o poder do Espírito Santo no antigo rei, pois este já o tinha deixado e Saul não passava de um endemoniado. Porém, mesmo endemoniado, Saul continuava sendo rei, e em razão desse título que Davi o poupou. Uma vez ungido rei, sempre rei. Deus tirou Saul do reinado, porém isso só se concretizou com sua morte, não havendo rebelião para que isso acontecesse e Davi tomasse o poder em seu lugar. A unção de rei permaneceu com Saul por toda a sua vida, mas o Espírito de Deus não.

Entendido tudo isso, vamos agora analisar a doutrina do “não toqueis no ungido” nos dias de hoje. Por que ela não é válida?

Como visto, a unção a qual Davi se referia dizia respeito ao direito de reinar sobre Israel, não sobre possuir funções eclesiásticas. As funções de governo do Estado e eclesiásticas eram bem divididas naquele tempo, embora Israel fosse um Estado teocrático. Portanto, a não ser que algum líder de igreja seja também rei nomeado por Deus (olha eu dando idéia para novos títulos, que Deus me perdoe) em sua localidade, nenhum líder religioso atual se enquadra nesse quesito.

Sobre como devemos agir em relação ao líderes religiosos e qualquer cristão, a Bíblia é bastante clara:

“E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim.”

Atos 17.10-11

“Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo.”

1 Coríntios 5.9-13

Chega desse engano do “não toqueis no ungido do Senhor”, engano esse que tem transformado a igreja em covil de salteadores. O rebanho tem que aprender a buscar na Palavra se o que seus líderes pregam é verdade ou não, tem que aprender a raciocionar, a analisar, a meditar dia e noite na Palavra, mas é isso mesmo que os lobos em pele de cordeiro não querem que aconteça, e por isso acorrentam suas ovelhas em falsas doutrinas que visam cegar e conformar o rebanho à sua própria vontade, não à de Deus. Deus nos enviou Cristo para que fôssemos libertos, mas onde há liberdade se nem ao menos podemos criticar um líder eclesiástico por seus falsos ensinos ou sua má conduta, com a desculpa que de o fulano é “ungido”? O Apóstolo (de verdade) Paulo era bem ungido, disso não há dúvidas, mas nem por isso ficou chateado ao ser confrontado pelo povo de Beréia em seus ensinamentos. Por que os apóstolos (?) e líderes dos dias de hoje ficam melindrados, e até amedrontam suas ovelhas com a promessa de inferno para o “pecado de rebeldia” que seria se levantar contra um “ungido” do Senhor? E por que as ovelhas, que também têm unção (já que recebem o Espírito Santo desde sua conversão), ao contrário dos líderes religiosos, podem e são fortemente exortadas (se seu dízimo for baixo, claro) quando encontradas em erro?

Isso é estelionato gospel, e dos bons. Graças à essa mentira (a própósito, quem é o pai da mentira mesmo?) vemos igrejas destruídas por pertencerem (a palavra é essa mesma) a líderes criminosos, que adulteram as Escrituras a seu bel-prazer e agem como se a justiça de Deus e dos homens não valesse para eles. Enquanto isso, às ovelhas cabe apenas se conformar, “Deus quer assim”, “quem faz a justiça é Ele”, “só nos cabe orar”.

Povo de Deus, vamos abrir os olhos! Temos que orar, a justiça é de Deus, mas Ele usa homens e mulheres para que Sua justiça seja feita nessa terra! Se Lutero pensasse assim, ainda hoje estaríamos comprando indulgências (se bem que essa prática perniciosa continua ocorrendo nos dias de hoje, na forma de lenços suados, rosa ungida, sabonete ungido, etc). Como povo de Deus, temos que ser carvalhos de justiça principalmente em nosso meio, tirando os lobos que querem devorar nossas ovelhas! Se não o fizermos, não sobrará ovelha nenhuma no final da história, pois todas serão enganadas…

O “não toqueis no ungido do Senhor” é uma desculpa muito da mal feita para líderes que têm algo a esconder. Quando um líder pregar isso para você, fique ainda mais atento, pois quem está na luz não tem medo de ser julgado, afinal nada se encontrará que o desabone; ao contrário, quem está em trevas não quer que o candeeiro seja colocado em cima da mesa e ilumine o ambiente, pois isso trará à luz toda a podridão escondida em nome de Deus.

Fonte:

http://www.pulpitocristao.com/2010/01/nao-toqueis-no-ungido-do-senhor-desmascarando-essa-falsa-doutrina/

Veja ainda: http://obramaranatarevelada.wordpress.com/2012/09/28/igreja-crista-maranata-nao-tocai-nos-meus-ungidos-tenta-reclamar-com-o-pes-da-icm/

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/28/nao-toqueis-no-ungido-do-senhor/

maranata – Na maranata, essa expressão “Não toqueis nos meus ungidos”, é muito utilizada… – Eita povo que distorce as escrituras!

Irmãos, gostaria de acrescentar algumas observações sobre sobre este assunto.
Na maranata, essa expressão “Não toqueis nos meus ungidos”, é muito utilizada para dar total autoridade e imunidade aos pastores. Ela é usada para ameaçar e humilhar as ovelhas e desestimular qualquer questionamento ou opinião contrária.

“…Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” Atos 11:26
Este texto bíblico nos inclui como ungidos de Deus. Ele deixa claro que todos quantos aceitam a Jesus Cristo como único salvador se tornam cristãos, logo são também, ungidos. Ora, se passamos a fazer parte do corpo de Cristo, e Cristo é o Ungido de Deus e cabeça da igreja, não há dúvidas, somos ungidos.
E se somos ungidos de Deus, os pastores icemitas segundo seus julgamentos, estão em grave pecado, já que eles cometem várias agressões às ovelhas.

Atenção pastores! Não toqueis nos meus ungidos (ovelhas) do Senhor.
“Não toqueis nos meus ungidos e não maltrateis meus profetas.” Sl.105:15
Este é outro texto que mostra que somos ungidos já que ele se refere a Israel e nós somos o Israel espiritual de Deus.

Eita povo que distorce as escrituras!

fonte: https://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/28/nao-toqueis-no-ungido-do-senhor/#comment-223